37° Batalhão inicia implantação do Olho Vivo em Araxá

37° Batalhão inicia implantação do Olho Vivo em Araxá

Representantes do 37º Batalhão, da Acia e do Consep - Foto: Divulgação/Acia

DA REDAÇÃO/COM ASCOM – A Polícia Militar (PM) deu o passo inicial para a implantação do projeto Olho Vivo, que visa o monitoramento das principais ruas e avenidas através de monitoramentos por câmeras. Com isso recebeu da Associação Comercial e Industrial de Araxá (Acia) a doação de um monitor de 55 polegadas que será utilizado no 37º Batalhão para a captação de imagens do circuito que será instalado em pontos estratégicos e de maior movimentação.

De acordo com o subcomandante do 37° BPM, capitão Fernando Reis, o Olho Vivo é um dos melhores exemplos em tecnologia para o combate da criminalidade.

“Vamos iniciar em Araxá a instalação de um programa-piloto com câmeras de vídeos em locais de grande movimentação comercial, e estamos buscando parcerias com entidades como a Acia, que nos doou o aparelho de TV de tela grande e com várias empresas que já foram identificadas pela Polícia Militar e estão localizadas em pontos estratégicos, onde câmeras com alta resolução de imagem deverão ser instaladas na parte externa e conectadas ao Batalhão Araxá via internet para que a Polícia Militar tenha acesso às imagens em tempo real”, destaca.

Segundo ele, o objetivo inicial é instalar câmeras de vídeo em todos os acessos da cidade, no setor comercial e bancário e em algumas vias onde o fluxo de pessoas e veículos é grande.

“Já estamos instalando as primeiras câmeras para testes nas avenidas Antônio Carlos e Getúlio Vargas, e estamos também preparando o local no quartel onde funcionará a Central de Monitoramento. Acreditamos que ainda este ano o sistema comece a funcionar inicialmente com 16 câmeras”, afirma o capitão.

O comandante do Batalhão Araxá, tenente-coronel Ney Sávio de Oliveira, diz que a participação da Acia é muito importante neste projeto que visa proporcionar um ganho significativo em termos de segurança pública na cidade.

“O 37º BPM já implantou o projeto Olho Vivo em dois municípios da região e os resultados são excelentes, principalmente no que tange à prevenção, aumentando, sobremaneira, a segurança subjetiva da comunidade e afugentando a criminalidade. Em Araxá também acreditamos que o Olho Vivo será um grande sucesso”, revela.

O presidente da Acia, Márcio Farid, destaca que o projeto vai representar mais tranquilidade para comerciantes e empresários. “Assim que a Polícia Militar nos apresentou o projeto fizemos questão de participar. Trata-se de um projeto viável economicamente desde que os empresários participem instalando uma câmera de vídeo nos estabelecimentos comerciais apontados como estratégicos pela Polícia Militar que terá acesso as essas imagens, monitorando 24 horas a nossa cidade”, diz Farid.

Ele acrescenta que, além do monitor, a Acia também contribuiu com a doação de duas câmeras.

“A segurança pública hoje exige a união de forças de toda a sociedade para que a comunidade em geral tenha realmente qualidade de vida. Diante disso, a Associação Comercial e Industrial de Araxá é parceira, inclusive na instalação de duas câmeras na avenida Getúlio Vargas e também incentiva a participação de todos os comerciantes e empresários da nossa cidade”, conclui o presidente.

Notícias relacionadas