Super banner
Super banner

Abertura do 1º Ciclo de Debates é marcada por novas

Abertura do 1º Ciclo de Debates  é marcada por novas

ciclo de debates sindicais

O 1º Ciclo de Debates Sindicais de Minas Gerais, sediado em Araxá, foi oficialmente aberto nesta quinta-feira. Várias lideranças do setor sindical estiveram presentes, como o presidente da Nova Central de Minas Gerais, Antônio Costa Miranda, o Presidente da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSPB) e Diretor Financeiro da Nova Central, João Domingos Gomes e o Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais das Prefeituras, Câmaras e Autarquias da Micro Região do Planalto de Araxá (Sinplalto), Hely Aires da Silva.

Antes da abertura do encontro as lideranças do setor sindical aproveitaram para falar sobre o “Ciclo de Debates” que entrará para a história sindical da cidade. “Agradeço a Nova Central Nacional que não mediu esforços para nos atender. Desta forma foi possível fazer este evento que tem o objetivo de discutir questões envolvendo os servidores públicos, por ser uma categoria que nos últimos anos tem sido marginalizada, discriminada, perseguida por agentes da gestão pública e renegada pelos governantes e sociedade”, esclarece, Antônio Miranda, presidente da NCST/MG.

Já João Domingos lembrou que a realização do “Ciclo de Debates” deverá ajudar os dirigentes sindicais na busca de soluções para os desafios que possam surgir. “Este evento será preparatório para um Grande Programa de Formação Sindical que realizaremos, no intuito de equipar os nossos dirigentes sindicais com a única arma que eles efetivamente terão: o conhecimento”, diz.

Por fim, o coordenador do “Ciclo de Debates”, e Presidente do Sinplalto, Hely Aires, demonstrou a sua felicidade por ter contribuído na organização do evento, anunciando o cadastro de 11 novas filiações à Nova Central, só no primeiro dia de debate.

“Nós temos aqui mais de 40 entidades sindicais inscritas, mais de 25 cidades representadas e 70% do sindicato de Araxá presente neste evento. Em nome de Araxá eu agradeço e me sinto honrado, por esta confiança que recebi”, declarou Hely.

Sobre a programação já agendada para os próximos debates, o presidente da NCST/MG diz que este ano, ainda será realizado mais 3  encontros em Minas Gerais. Percorrendo, na seqüência, todos os estados brasileiro, com o intuito de aplicar na prática o que determina a Convenção 151 da OIT, a luta pelo direito de greve, a organização dos servidores públicos, o resgate da importância que a categoria tem na sociedade, entre outros temas relevantes aos trabalhadores brasileiros que também serão discutidos.

Notícias relacionadas