Abstenção no Enem é recorde e pode ser maior que 40%

Abstenção no Enem é recorde e pode ser maior que 40%

Menos de 2,6 milhões de estudantes fizeram as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A abstenção é recorde, de pelo menos 37,7% do total de inscritos – cerca de 4,1 milhões de pessoas – enquanto em 2008 o comparecimento chegou a 72%.

O percentual de abstenção ainda pode subir, já que o dado é relativo à aplicação da prova de sábado (5). Informações preliminares do Ministério da Educação indicam que neste domingo (6) não compareceram pelo menos 2,9% dos inscritos que tinham feito a prova de sábado.

Apesar da alta abstenção, o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Reynaldo Fernandes, fez um balanço positivo do Enem. Segundo ele, o número dos alunos que fizeram as provas é maior que o total de estudantes que estão concluindo o ensino médio e que o número de inscritos nos vestibulares das universidades federais.

Reynaldo Fernandes atribui a grande abstenção às chuvas que ocorrem em várias partes do país, à distância entre a data da inscrição e a realização do exame, que estava previsto inicialmente para outubro, e também à impossibilidade, com o adiamento, dos resultados serem utilizados por algumas universidades, como foi o caso da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

O resultado das provas deverá ser publicado em 5 de fevereiro do próximo ano. As provas objetivas e as redações serão corrigidas separadamente e essas últimas serão lidas em telas de computadores após passarem por um scanner (para digitalizar a imagem).

Reynaldo Fernandes explicou que a prova do Enem teve como aspecto fundamental a contextualização, o que exigiu a elaboração de questões com enunciados maiores e, portanto, forçou mais a leitura para os alunos.

Em janeiro, o Inep deverá aplicar o exame para as pessoas que estão presas. Reclamações sobre a aplicação da prova podem ser feitas no serviço Fala, Brasil pelo telefone 0800 616161 ou no Fale Conosco, disponível no site www.inep.gov.br.

Confira aqui as provas do Enem 2009.

Notícias relacionadas