Acadêmicos de quatro cursos do Uniaraxá fazem o Enade neste domingo

Acadêmicos de quatro cursos do Uniaraxá fazem o Enade neste domingo

No próximo domingo (21) será aplicada a prova do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) a 286 alunos do Centro Universitário do Planalto de Araxá (Uniaraxá) matriculados no primeiro e no último período dos cursos de bacharelado em Agronomia, Educação Física, Enfermagem e Fisioterapia. Os acadêmicos farão a prova na Escola Estadual Dr. Eduardo Montandon, com início às 13h. Além desses, também deverão fazer a prova 13 estudantes dos cursos de Sistemas para Internet, Direito, Administração e Marketing, faltosos em uma edição anterior e que ainda não regularizaram sua situação. Para esses, o exame será aplicado na Escola Municipal Dona Gabriela.

A orientação é para que os acadêmicos cheguem cedo ao local com 45 minutos de antecedência, a fim de evitarem quaisquer transtornos em relação ao horário, uma vez que os portões da escola serão fechados no horário exato, por determinação do Ministério da Educação (MEC). Cerca de 450 mil estudantes de 14 cursos de bacharelado da área de saúde e cinco tecnológicos responderão às questões do Enade em todo o país. O exame é considerado um componente curricular e, portanto, obrigatório a todos os alunos ingressantes e concluintes dos cursos avaliados.

O grupo de cursos escolhidos é repetido a cada três anos. Em 2007, estas mesmas graduações passaram pelo exame, que é pré-requisito para o recebimento do diploma. Para o reitor do Uniaraxá, professor mestre Válter Gomes, fazer o Enade é importante para a instituição conhecer melhor os problemas da graduação.

“É o momento propício para que os alunos nos mostrem se um curso está bem ou não, por isso procuramos destacar sempre para o nosso aluno a importância do Enade e incentivá-lo a participar”, explica.

A prova do Exame Nacional de Desempenho da Graduação é elaborada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) e é composta de 10 questões de conhecimento geral e 30 de conteúdo específico, discursivas e de múltipla escolha. O conceito do curso é definido em cinco categorias, de 1 a 5. A avaliação é trienal, ou seja, um curso que obteve nota ruim (inferior a 3) tem que esperar mais três anos para ter o conceito alterado. No Uniaraxá, os cursos avaliados obtiveram, em 2009, conceitos 3 e 4. Os gabaritos do Enade 2010 devem ser liberados em dezembro, em data ainda não definida pelo MEC.

Notícias relacionadas