Ação conjunta das polícias prende suspeito dos assaltos à mão armada

Uma operação envolvendo a Polícia Militar (PM) e a Polícia Civil prendeu, na manhã de hoje (29), um suspeito de participar da onda de assaltos à mão armada em Araxá. O serviço de inteligência da PM levantou o nome de oito suspeitos e, com posse de um mandado de busca e apreensão, os policiais efetuaram a prisão de um envolvido. O trabalho contou com 25 policiais militares e 10 policiais civis. 

Na casa do suspeito foram apreendidos três capacetes, passagens de ônibus para cidades rotas de tráfico, documentação de três motocicletas, munição de calibre 38, R$ 232 em dinheiro, R$ 64 em cheque, um celular, uma bateria, nove pedras de crack, 20 gramas de cocaína e um canivete.

A polícia acredita que através desta prisão possa desmantelar a quadrilha que age em Araxá. O suspeito foi entregue na Delegacia de Polícia Civil e qualificado como Carlos Eduardo Romualdo. Ele estava em condicional do presídio de Unaí por tráfico e assalto à mão armada.

De acordo com o capitão Eurípedes Lemos, as características do envolvido e dos materiais apreendidos dão bastante evidências de que ele fazia parte das ações criminosas na cidade. “As cores dos capacetes usados pelos assaltantes são as mesmas, acredito que com o decorrer das investigações chegaremos à quadrilha.”  

Confira a entrevista com capitão Lemos

Notícias relacionadas