Administração, um curso sem fronteiras

Administração, um curso sem fronteiras

SÉRIE ESPECIAL – ESCOLHA A SUA PROFISSÃO

O curso de Administração tem o maior número de universitários no Brasil e no Centro Universitário do Planalto de Araxá (Uniaraxá) é o segundo colocado na preferência dos candidatos, perdendo apenas para o curso de Direito. A instituição está oferecendo, no vestibular de julho, 120 vagas no período noturno e a expectativa é que se repita a tendência crescente de interesse por esta área, tendo em vista que o mercado de trabalho para administradores no Brasil vem crescendo junto com a economia.

Grandes companhias que, tradicionalmente, contratavam apenas profissionais de áreas técnicas começam a perceber a necessidade de preencher cargos administrativos e de negócios com os administradores dotados de visão estratégica.

Em janeiro, a instituição ofereceu duas turmas no processo seletivo e agora faz o mesmo para atender à demanda crescente do setor. A atuação do administrador é bastante ampla. Esse profissional se faz necessário em todo tipo de empresa, em todos os departamentos, desde o comercial, passando por logística, financeiro e compras, até recursos humanos e produção.

O perfil do administrador é o de uma pessoa que tem facilidade de comunicação e habilidade para liderar. Administrar significa ter de determinar uma direção o tempo todo: onde investir, quem contratar, que posicionamento adotar no mercado, como promover a organização e escolher os parceiros ideais. Este profissional precisa tomar decisões constantemente; por isso, não basta o bom senso, é preciso preparo, conhecimento e determinação.

O reitor do Uniaraxá, Válter Gomes, docente de disciplinas dos cursos de Administração e Ciências Contábeis, garante que esta é uma das profissões de maior empregabilidade. “Toda empresa precisa de um administrador. Prova disso é que nas solicitações que recebemos para contratação de estagiários, esta é a área onde há uma demanda diferenciada no mercado de trabalho, oferecendo o maior número de vagas. A partir da metade do curso, em torno do quinto período, o acadêmico já está trabalhando ou é estagiário. Dificilmente, algum aluno chega ao final do curso desempregado”, destaca.

O profissional administrador pode atuar como funcionário em empresas de qualquer porte ou fazer carreira como executivo, ser consultor, montar o próprio negócio, entre outras possibilidades. O reitor lembra que há casos atualmente em que médicos assumem a direção de hospitais ou clínicas e decidem fazer o curso para aprender como administrar. O mesmo acontece com muitos outros profissionais que escolhem o curso de Administração, como segunda opção, para agregar valor à sua atividade, para conhecer toda a realidade empresarial, técnicas e estratégias mercadológicas, ampliando sua competitividade.

Teoria + Prática = Resultado

O bacharelado em Administração é oferecido no Uniaraxá em oito semestres e o aluno recebe treinamento prático através da Empresa Júnior, um laboratório criado no bloco do Instituto de Ciências Exatas e Humanas para que o acadêmico vivencie experiências junto ao público externo, transmitindo noções de como planejar, organizar, dirigir e controlar os meios de operação e produção para gerar progresso, lucro, emprego e satisfação. De acordo com o Válter, a prática do curso através da Empresa Júnior é uma experiência muito valiosa para a formação do profissional.

O coordenador do curso de Administração, Waldecy Carvalho de Lima, destaca que nas sessões de classificados dos jornais, o profissional de administração é um dos mais requisitados.

“Trata-se de um curso sistêmico, que permite ao universitário ter uma visão abrangente da empresa e do mundo. Nas grandes companhias, muitos engenheiros estão fazendo especialização na área. Não há como desempenhar com sucesso qualquer cargo sem ter uma visão geral do funcionamento de uma empresa; e é isso que o curso proporciona e, em decorrência, mais vagas no mercado.”

O professor reforça que, através dos conhecimentos adquiridos no curso, o aluno faz adequação para a prática no seu trabalho. As disciplinas do curso são estimulantes, relacionadas ao empreendedorismo e ao sucesso nas organizações, influenciando na escolha da carreira. O candidato pode consultar a matriz curricular, acessando o site www.uniaraxa.edu.br.

Cases de sucesso

O egresso Rafael Rosa Pereira Diniz é atualmente o coordenador Adjunto dos cursos Superiores de Tecnologia do Uniaraxá, mas foi na sala de aula que tudo começou. Rafael trabalhava com manutenção de computadores e estava em dúvida se faria vestibular para Educação Física ou Administração. Optou pelo segundo, dado o perfil do curso e a possibilidade de atuação em diversas áreas, e não se arrepende.

Como aluno de Administração, passou pela Empresa Júnior, atuando como diretor de Marketing. Trabalhou também com o projeto Uniart e hoje ele contabiliza os benefícios da sua escolha e da sua dedicação. Graças ao desempenho no curso, Rafael também conquistou o cargo de gerente na Woli Consultoria e Treinamento.

Ele explica que durante o curso pôde conhecer vários setores de uma empresa, identificando-se com o de marketing e até decidiu fazer pós-graduação na área. Rafael conta que, além de conhecimento, obteve um grande crescimento pessoal e intelectual.

“Eu era muito tímido e o curso contribuiu até para melhorar os meus relacionamentos. No final, eu já era capaz de conversar com qualquer pessoa, sobre assuntos diversos”, relata. Ao concluir o curso, Rafael recebeu o Prêmio de Aluno Destaque, concedido pelo Conselho Regional de Administração, por suas notas e sua conduta na sala de aula.

A supervisora da Universidade Corporativa do Grupo Zema (Unizema), Líllian Pereira, também não tinha definido sobre a carreira a seguir, quando resolveu pesquisar sobre o curso de Administração, interessando ao perceber que se tratava de um curso que ofereceria amplas oportunidades.

Durante a graduação, ela teve aulas variadas de administração, psicologia e sociologia, além de uma visão geral do funcionamento de uma empresa. Neste período, fez estágio na Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) durante dois anos e meio, confirmando a opção acertada pelo curso.

Hoje, Líllian trabalha com treinamento e recursos humanos na Unizema, faz pós-graduação em Docência no Ensino Superior no Uniaraxá e já planeja para 2010 outra especialização em Psicologia Empresarial e Gestão de Pessoas.

Com a convicção de que está no caminho certo, ela comemora. “Valeu a pena, foi um bom investimento. A graduação nesta área proporciona oportunidades ilimitadas e garante uma colocação no competitivo mercado de trabalho àqueles que realmente se dedicam, adotando sempre valores universais como justiça, ética e liberdade.”

Notícias relacionadas