Aeroclube de Araxá participa de reunião na Anac

Aeroclube de Araxá participa de reunião na Anac

Da Redação – O presidente do Aeroclube de Araxá, Fabiano Cota, se reuniu nesta semana com  inspetores e gestores da Agência Nacional de Aviação (Anac), no Rio de Janeiro e também na gerência regional de Belo Horizonte.

A reunião foi solicitada pelo Aeroclube de Araxá objetivando viabilizar os cursos teóricos de piloto privado e teórico e prático de comissário (a) de voo, além de apresentar os projetos e intenções da nova diretoria do aeroclube.

Na reunião o presidente apresentou uma ilustração da estrutura do aeroclube e dos projetos da atual gestão, onde solicitou orientações e o suporte da Anac para o seu desenvolvimento. O gerente Rodrigo Costa de Faria, da gerencia de Belo Horizonte incentivou os trabalhos do aeroclube e elogiou a infraestrutura. Segundo Rodrigo, o mercado está aquecido, mas somente escolas competentes e capacitadas vão conseguir se manter, ressaltando inclusive que o aeroclube de Araxá está no caminho certo.

Na Gerência de Vigilância da Aviação Geral no setor de escolas, no Rio de Janeiro, Fabiano Cota foi recebido pelo inspetor Silvio Paiva, e tratou do assunto de homologação dos cursos e  protocolou a documentação necessária.

O presidente do Aeroclube solicitou o empenho dos inspetores para agilizar o processo de liberação e homologação dos cursos, porque já foi verificada uma demanda significativa de candidatos, inclusive o aeroclube está em negociação com bancos privados para implantação de uma linha de crédito especial para os alunos objetivando o incentivo a formação de pilotos e comissários por meio do aeroclube em parceria com os bancos. Ficou acertado que a análise da documentação será feita o mais breve possível e após isso a Anac irá fazer uma inspeção nas instalações do aeroclube.

Fabiano Cota ressalta que a presença do Aeroclube de Araxá na Anac foi de suma importância, porque demonstra o interesse e a dedicação da atual diretoria em desenvolver a escola de aviação civil e também visa a integração e um contato mais estreito entre a entidade e a agencia reguladora.

Notícias relacionadas