Super banner
Super banner

Alberto Adhemar do Valle Júnior é eleito vice-presidente da Faemg

Alberto Adhemar do Valle Júnior é eleito vice-presidente da Faemg

Júnior tomará posse do cargo hoje ocupado pelo ex-diretor do sindicato e da Capal, Fausto de Ávila - Foto: Saulo Aguiar

O presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Araxá e da Cooperativa Agropecuária de Araxá (Capal), Alberto Adhemar do Valle Júnior, foi eleito vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg), entidade que representa os produtores rurais mineiros.

Com os votos de 99% do colégio eleitoral, a Diretoria Executiva, liderada pelo presidente Roberto Simões, foi reeleita para o terceiro mandato consecutivo. A posse para o triênio 2011/2014 está marcada para o próximo dia 29 de novembro, em Belo Horizonte.

Júnior tomará posse do cargo hoje ocupado pelo ex-diretor do sindicato e da Capal, Fausto de Ávila, que por muitos anos representou e defendeu os interesses dos produtores de Araxá e região no Conselho da Faemg.

 O vice-presidente eleito diz que é uma satisfação muito grande ocupar um cargo tão importante dentro da federação. “Nossa região sempre esteve muito bem representada na Faemg com Fausto de Ávila, que já ocupou importantes funções, como presidente da Comissão Técnica de Leite, 2º diretor tesoureiro e, na atual gestão, como vice-presidente. Agora, tenho a missão de dar sequência a esse trabalho, que culminou com o desenvolvimento vertiginoso do agronegócio no nosso município e região, gerando divisas e melhorando a qualidade de vida no campo”, destaca Júnior.

A Faemg tem mais de 400 sindicatos rurais filiados, representando aproximadamente 400 mil pequenos, médios e grandes produtores. A federação é uma instituição privada, criada em 1951 e mantida pelo produtor rural. A entidade integra o Sistema Sindical Patronal Rural, liderado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), entidade máxima de representação dos produtores brasileiros.

Além de representar e defender o produtor rural em todos os fóruns de decisões – municipais, estaduais, nacionais e internacionais – a Faemg coloca à disposição de seus filiados e, por extensão, do produtor, diversos serviços nas áreas jurídica, econômica, sindical, contábil, meio ambiente, entre outros.

O trabalho da federação é subsidiado por comissões técnicas formadas por produtores representativos de cada setor. As comissões acompanham os fatos políticos, econômicos e tecnológicos relacionados com os segmentos produtivos. Também fazem parte das ações da entidade a formação profissional da mão de obra rural e a promoção social do cidadão que mora no campo. Este trabalho é realizado através do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar Minas), entidade vinculada à Faemg.

Entre as prioridades da nova gestão, Roberto Simões cita a continuidade do trabalho de capacitação do homem do campo, através de treinamentos do Senar Minas e de programas como Formação de Novas Lideranças Rurais e Gestão com Qualidade nas propriedades e nos Sindicatos.

Outra meta é a implantação do Cartão do Produtor. Trata-se de um cartão de múltiplas funções que vai facilitar enormemente a vida do produtor rural ao desburocratizar diversos procedimentos junto às secretarias de Estado da Agricultura e da Fazenda, como a emissão de guias de transporte animal e de notas fiscais. “Esperamos que seja um período de boas realizações e de bons negócios para o produtor”, ressalta Roberto Simões.

Notícias relacionadas