Alda Sandra se reúne com cônsul da Argentina em Minas

Alda Sandra se reúne com cônsul da Argentina em Minas

O cônsul da Argentina em Minas Gerais, Ramón Villagra Delgado, e o cônsul-adjunto Pablo Antonio de Angelis estiveram reunidos em Araxá na semana passada com a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Parcerias, Alda Sandra Barbosa Marques para estreitar os laços na procura de oferta de intercâmbio entre Minas e o país vizinho. O Consulado da Argentina está promovendo o encontro com diversos municípios mineiros.

Segundo Alda Sandra, a troca de experiências foi de extrema importância e, por isso, já firmou uma parceria com líderes do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Minas Gerais, Conselho Municipal de Cultura e Turismo (Comtur), Araxá Convention & Visitors Bureau (AC&VB) e Associação do Circuito da Canastra para marcar presença em evento que acontecerá em Belo Horizonte no próximo dia 17 de setembro, no Hotel Accor Mercure, onde cerca de 40 operadoras turísticas argentinas representarão oficialmente o Ministério do Turismo daquele país.

De acordo com a secretária, Araxá precisa estabelecer maior contato com países vizinhos como forma de estreitar relacionamento comercial, tecnológico e principalmente no desenvolvimento do turismo regional.

“A prefeitura e a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) têm grande interesse nesse intercâmbio socioeconômico e turístico, e se mobilizarão para participar com qualidade dessa rodada de negócios em Belo Horizonte. Afinal a gestão do doutor Jeová tem direcionado grandes esforços e investimentos na sedimentação da indústria turística de Araxá e região, e a CDL tem se mostrado um importante parceiro”, destaca.

Anualmente, cerca de 800 mil turistas brasileiros viajam para a Argentina. Para Ramón, este número é bastante significativo e é preciso que se crie um relacionamento mais estreito nas áreas culturais, educacionais, de desenvolvimento econômico e principalmente turístico entre os países, até porque o Brasil recebe um número expressivo de turistas argentinos.

“O contato pessoal entre operadores e agências de turismo é essencial para se estabelecer um relacionamento mais próximo, com troca de informações de locais e pessoas que se conhecem e se confiam”, afirma o cônsul.

Entre os focos principais do intercâmbio está o aumento da permanência dos turistas em seus destinos, atraindo-os para o interior do Brasil através da oferta de novos roteiros com maior acesso ao entretenimento, à cultura, à gastronomia e também ao comércio.

A proposta é aproveitar a vinda do turista argentino às praias brasileiras e aos grandes centros como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, onde estão envolvidos com o turismo de negócios, e oferecer novas alternativas de bem-estar que é comum às cidades do interior de Minas Gerais, como, por exemplo, Araxá.

O encontro também teve a participação de diretores da CDL – Wagner de Freitas Oliveira, Pedrinho da Mata e Fernando de Lima Pereira Ribeiro.

Notícias relacionadas