Alunos do Uniaraxá participam de estágios em diversas empresas da cidade

Alunos do Uniaraxá participam de estágios em diversas empresas da cidade

O estágio é uma das atividades mais importantes para os alunos de qualquer curso e para quem faz Engenharia Ambiental e Sanitária no Uniaraxá, não é diferente. Alguns dos alunos do curso realizam seus estágios em instituições públicas da região, como na Prefeitura de Araxá e de cidades vizinhas, em empresas privadas como Vale, Bem Brasil, Zema  e a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) e consideram a oportunidade extremamente preciosa, porque possibilita praticar toda a teoria ministrada em sala de aula.

O reitor do Uniaraxá, professor Válter Gomes, destacou que durante a visita da comissão do MEC para avaliar o Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária, pôde acompanhar os avaliadores até à CBMM e ficou muito satisfeito com o que presenciou. “O volume de atividades práticas desenvolvidas e a desenvoltura dos alunos, surpreenderam positivamente”, afirma.

Os alunos Jaison Alves e Lorena Sousa estão no 10º período do Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária e participam do programa de estágios da CBMM, auxiliando como Monitores de Educação Ambiental. Eles realizam atividades de apoio como acompanhamento das visitas do Projeto Cientistas do Cerrado, dentre outras. Jaison explica o trabalho que é realizado com os alunos do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental, que têm idade entre 9 e 10 anos. “Mostramos parte do Complexo Industrial da CBMM e depois levamos os visitantes para o Centro de Desenvolvimento Ambiental (CDA), que é nossa área de atuação de estágio” explica.

Lorena afirma que a empresa realiza diversas ações sustentáveis como, por exemplo, a reprodução de espécies ameaçadas no cerrado. “Além da proteção do solo e do ar, por meio de diversos sistemas de controle ambiental, o que comprova a preocupação da Companhia com o seu bioma de inserção”, afirma. Jaison destaca ainda o trabalho de recirculação da água dos processos industriais, que visa combater um dos maiores problemas atuais envolvendo esse bem natural. “Mostramos que o percentual de recirculação da água que a empresa utiliza atinge 95%”, destaca.

Para eles, o estágio oportunizou praticar e conhecer de perto tudo o que aprenderam em sala de aula. “Eu acho que, como profissional, a gente aprendeu e cresceu muito, até mesmo a postura profissional que vivenciamos em uma grande empresa. Além de acompanharmos os professores em sala de aula, depois vemos alguns deles em ação nas empresas”, destaca Jaison. Lorena reforça a importância da educação ambiental, para resolver parte dos problemas da atualidade. “É a raiz de tudo, se você coloca na cabeça da criança a importância de cuidar do meio ambiente, teremos adultos conscientes”, completa.21

Notícias relacionadas

Deixe um comentário: