Analistas reduzem para 4,66% estimativa de inflação para 2009

Analistas reduzem para 4,66% estimativa de inflação para 2009

Analistas do mercado financeiro voltaram a reduzir a projeção para a inflação para este ano. Segundo o boletim Focus, do Banco Central, a estimativa para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) caiu de 4,69% para 4,66%. Para o final 2010, foi mantida a expectativa de 4,5%.

O boletim Focus é uma publicação semanal elaborada pelo BC com base em projeções de analistas sobre os principais indicadores da economia. O IPCA é o índice usado pelo governo nas metas de inflação, que para este ano é de 4,5%, com margem de dois pontos percentuais para mais ou pra menos.

Para a inflação no atacado, os analistas também ajustam as projeções. A inflação medida pelo Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) deve chegar a 4,55% ao final deste ano e não mais em 4,57% previstos na semana anterior.

No caso do Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M), a previsão é de 4,24%, com redução de 0,01 ponto percentual. Para os dois índices foi mantida a estimativa de 4,5% ao final de 2010.

Para o mercado paulista, os analistas não mudaram a projeção de inflação, medida pelo Índice de Preço ao Consumidor da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (IPC-Fipe) de 4,5% neste e no próximo ano.

Os analistas também mantiveram a expectativa para os preços administrados em 2009 de 4,9% em 2009 e de 4,5% em 2010. Os preços administrados referem-se aos valores cobrados por serviços monitorados (combustíveis, energia elétrica, telefonia, medicamentos, água, educação, saneamento, transporte urbano coletivo e outros).

Notícias relacionadas