Anastasia e Dilma lançam projeto do Rede Cegonha

Anastasia e Dilma lançam projeto do Rede Cegonha

Projeto Cegonha em Minas

Da Redação – O governador Antonio Anastasia e a presidente da República, Dilma Rousseff, participaram, nesta segunda-feira (28), no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, do lançamento da Rede Cegonha, programa do governo federal de atendimento a grávidas e recém-nascidos. O programa prevê investimentos de R$ 9,3 bilhões até 2014 e é voltado para o atendimento integral das mães e das crianças desde a gravidez (pré-natal), até os primeiros cuidados do bebê. Em seu pronunciamento, Antonio Anastasia reiterou a importância da parceria do governo do Estado com o governo federal para a implantação do programa em Minas.

“Em Minas Gerais, seremos parceiros de primeira hora, tendo, inclusive, orientação dada a todo o Governo, de termos uma parceria de altíssimo nível com o governo federal e com os municípios, para que as pessoas, as famílias, as gestantes, todos possam usufruir daquilo que é dever dos governantes, que é prestar um serviço público de qualidade”, disse o governador.

Avanços na saúde

Durante a solenidade, Antonio Anastasia destacou os bons indicadores de Minas na redução da mortalidade infantil e materna, resultado das ações do programa Viva Vida que, desde 2003, garante atenção especial a gestantes e recém-nascidos em todas as regiões do Estado.

“Em termos de mortalidade materna, conseguimos nos últimos anos reduzir em um terço, e 25% de redução na mortalidade infantil. É claro que não estamos satisfeitos. Ao contrário, esses números só nos desafiam ainda mais, nos determinam a sermos ainda mais ousados, corajosos, empreendedores, de mãos dadas com o governo federal, com os municípios e com toda a sociedade civil. Temos condições de reduzir esse número. O ideal é zero, mas se for impossível, o mais próximo que seja possível dentro da nossa realidade”, afirmou Antonio Anastasia.

Minas é referência

A presidente Dilma Rousseff afirmou que escolheu Minas Gerais para lançar o programa por reconhecer os avanços registrados por Minas na área da saúde. Dilma parabenizou o governador pelos resultados do Viva Vida, projeto que tem os mesmos objetivos do Rede Cegonha, e afirmou que os programas lançados em Minas dão certo e se tornam referência para todo o Brasil.

“Escolhi o lançamento do Rede Cegonha em Minas Gerais por reconhecer que aqui muitos avanços ocorreram na área de Saúde. Não é só Brasília que merece lançamento, mas todos os 27 Estados da Federação. Começo por Minas, porque Minas tem uma característica. De uma certa forma, sempre fomos o coração do Brasil. E onde se lança um programa em Minas Gerais, ele dá certo e vira exemplo para todo o Brasil”, afirmou a presidente.

O Viva Vida recebeu investimentos de R$ 129,5 milhões, aplicados em 700 municípios mineiros. Atualmente, 24 Centros Viva Vida estão em funcionamento. Até 2014, outras 37 unidades estarão prontas para oferecer atendimento especializado em reprodução e sexualidade para mulheres e gestantes. O programa realizou mais de 2 milhões de mamografias e dobrou o número de UTIs neonatais.

Também participaram da solenidade, o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda; os ministros Alexandre Padilha, da Saúde; e Fernando Pimentel, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior; além das ministras da Secretaria Especial das Mulheres, Iriny Lopes; da Secretaria Nacional de Direitos Humanos, Maria do Rosário; e da Secretaria de Comunicação, Helena Chagas. Na solenidade, o secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge, assinou documento que estabelece diretrizes do programa.

Com Agência Minas

Notícias relacionadas