Aposentado apanha do próprio filho que queria pensão para comprar drogas

Um homem é procurado pela Polícia Militar (PM), por agredir o próprio pai, na rua Zeca do Alfredo, por volta das 2h30, desta quarta-feira (7).

A vítima, um aposentado de 63 anos, relatou aos militares que seu filho tentou apropriar-se de seus rendimentos (pensão), com a finalidade de comprar drogas, e por não ter atendido as exigências do filho, ele começou a lhe agredir fisicamente com empurrões, socos e ponta pés.

Em seguida, o filho agressor armou-se com um tijolo e desferiu um golpe contra o próprio pai, acertando-lhe o rosto, provocando um ferimento. Após o ocorrido, o filho agressor fugiu do local antes da chegada da Polícia Militar, porém no boletim de ocorrência foi qualificado como um homem de 30 anos, residente na rua Zeca do Alfredo, bairro João Ribeiro.

Os militares registraram o boletim de ocorrência, sendo entregue na Delegacia de Polícia Civil, para as devidas providências.

Vila Silvéria

Biólogo é preso com maconha

Um biólogo de 30 anos, residente na cidade de Brasília, foi preso por volta das 11h, da manhã de ontem (7), portando um cigarro de maconha.

Durante uma blitz repressiva na av. Tancredo Neves, os militares abordaram um veículo Saveiro de cor preta. Foi realizada uma busca no interior do carro, onde os militares encontraram um cigarro de maconha. O condutor foi questionado sobre a procedência da droga e o passageiro que estava no veículo, um biólogo de 30 anos, assumiu a propriedade do referido cigarro.

O envolvido foi preso em flagrante delito, sendo encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, onde os militares entregaram o boletim de ocorrência que foi registrado, para as devidas providências.

Santa Rita

Mulher de 31 anos agride adolescente

Um adolescente foi vítima de agressão, por volta das 22h30 da noite de ontem (7), e foi encaminhado ao Pronto Atendimento Municipal (PAM), onde a PM esteve e registrou a ocorrência.

No pronto atendimento, a vítima, um estudante de 13 anos, relatou aos militares que estava na porta de sua residência em companhia de uma garota, momento em que surgiu uma mulher e lhe agrediu fisicamente, com tapas e socos. Em seguida, a autora ainda lhe agrediu com uma chave de abrir porta de residência, provocando-lhe um ferimento.

A envolvida foi localizada pelos militares e após uma consulta no sistema informatizado da Polícia Militar, foi constatado que ela tinha em aberto um mandado de prisão. A envolvida foi presa em flagrante delito, sendo qualificada como uma auxiliar de serviços gerais, de 31 anos, residente na rua Anízio Teixeira, bairro Santa Rita.

A Polícia Militar registrou o boletim de ocorrência, sendo entregue na Delegacia de Polícia Civil, para que o roubo seja devidamente investigado.

Notícias relacionadas