Araxá abre Ciclo de Debate Sindical de Minas Gerais

Araxá abre Ciclo de Debate Sindical de Minas Gerais

Da Redação – A Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST) realizará uma série de seminários em Minas Gerais para aproximar e orientar as entidades filiadas. Araxá foi escolhida como sede para abertura do 1º Ciclo de Debate Sindical no Estado, considerado um dos maiores eventos sindicais do país. O objetivo é preparar os dirigentes sindicais sobre as bandeiras de luta dos trabalhadores e a sua representatividade no Congresso Nacional. Mais de 200 lideranças sindicais da região do Triângulo e Alto Paranaíba  estarão presentes no evento que será realizado na segunda quinzena de julho próximo.

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Araxá e Região (Sinplalto), Hely Aires, esteve na sede da Nova Central, em Brasília, para fechar os últimos detalhes do evento. “Uma das principais funções de uma central sindical está em representar o trabalhador, informar e auxiliar os seus filiados. Fico feliz que a nossa cidade tenha sido escolhida para fazer a abertura desse grande evento. O Sinplalto será um dos organizadores e queremos fazer um grande seminário para que Araxá possa receber outros grandes encontros sindicais.”

Hely Aires ressalta que o evento será destinado a todos os sindicatos, independente da categoria. “Não será um evento exclusivo para os servidores públicos. Vamos receber líderes sindicais de diversas categorias para discutir um melhor modelo de sindicato para todo o país. Vamos integrar a comissão formada para organização de todo evento, inclusive nas outras regiões de Minas Gerais.”

De acordo com o presidente da NCST-MG, Antonio da Costa Miranda, todos os debates irão esclarecer os dirigentes sindicais sobre as principais bandeiras de luta da Nova Central, com palestrantes qualificados que abordarão assuntos de interesse dos trabalhadores. “Teremos como assuntos de debate o Fim do Fator Previdenciário; Processo de Registro junto ao Ministério do Trabalho e Emprego; Assédio Moral; Regulamentação do Artigo 8º; Piso dos Professores, dentre outros.”, explica Miranda.

Segundo o diretor de finanças da NCST e presidente da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSPB), João Domingos Gomes dos Santos, a iniciativa não poderia vir em hora melhor. “Neste momento de franca expansão da Nova Central e da CSPB, a realização do ciclo de debates contribuirá no crescimento orgânico dessas entidades. Além disso, qualificará os nossos dirigentes sindicais para bem representar os trabalhadores ante aos desafios que se apresentam no dia-a-dia”, destaca.

Ao todo, serão seis seminários, sendo que as datas serão definidas posteriormente. “As expectativas são as melhores possíveis, pois existe uma enorme carência na realização desses debates aqui em Minas Gerais para que nossos dirigentes enfrentem melhor os desafios que estão postos no meio sindical”, ressalta o diretor da NCST, Valério Valente, que, entre outros assuntos, alerta sobre a falta de atualização das informações permanentes no movimento sindical.

Notícias relacionadas