Super banner
Super banner

Araxá desenvolve seis temas para a Conferência Nacional de Segurança Pública

Araxá desenvolve seis temas para a Conferência Nacional de Segurança Pública

A etapa municipal de Araxá da 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública (Conseg) foi realizada na manhã de hoje (27), no Centro Universitário do Planalto de Araxá (Uniaraxá). Após a solenidade de abertura que contou com a presença de diversas autoridades, seis eixos foram abordados por representantes de segurança pública, Judiciário e poder público.

A etapa municipal foi organizada pela Polícia Militar e Conselho Comunitário de Segurança Pública (Consep), com o apoio da Prefeitura de Araxá. A etapa estadual aconteceu entre os últimos dias 21 e 23, no Hotel Ouro Minas, em Belo Horizonte.

A 1ª Conseg será realizada de 27 a 30 de agosto próximo, no Ministério da Justiça (organizador do evento). Durante a conferência, serão discutidos temas como cidadania, participação popular, prevenção e repressão ao crime, entre outros.

O intuito é elaborar uma nova Política Nacional de Segurança Pública, que será construída a partir da participação do poder público (gestores e servidores) e da sociedade civil. A expectativa é reunir mais de 2 mil representantes de todo o Brasil, eleitos nas etapas municipais e estaduais.

A realização da 1ª Conseg está diretamente relacionada ao Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), uma experiência inédita no enfrentamento ao crime e que tem como foco o controle e a prevenção da violência. O programa une políticas de segurança pública e ações sociais para atuar nas raízes socioeconômicas da criminalidade.

Eixos da etapa de Araxá

1 – “Gestão Democrática: controle social e externo, integração e federalismo”, pelo diretor do Fórum de Araxá, juiz Renato Zouain Zupo.

2 – “Financiamento e Gestão da Política Pública de Segurança”, pelo secretário municipal de Planejamento e Gestão, José Clementino dos Santos.

3 – “Valorização Profissional e Otimização das Condições de Trabalho”, pelo vice-prefeito e secretário municipal de Desenvolvimento Humano, Miguel Alves Ferreira Júnior.

4 – “Repressão Qualificada da Criminalidade”, pelo delegado de Crimes Contra a Vida, Luiz Antônio da Costa.

5 – “Prevenção Social do Crime e das Violências e Construção da Cultura de Paz”, pelo presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

6 – “Diretrizes para o Sistema Penitenciário”, pelo diretor do Presídio Regional de Araxá, Marcelo Lima.

Notícias relacionadas