Araxá ganha Patrulha Rural para prevenir crimes contra o homem do campo

Araxá ganha Patrulha Rural para prevenir crimes contra o homem do campo

O município de Araxá tem uma área rural de 1,2 mil km² que ganha um reforço na prevenção a crimes. A Patrulha Rural da Polícia Militar foi lançada nesta quarta-feira (2), visando coibir a ação de bandidos nas fazendas e propriedades rurais. Quatro militares foram treinados para o serviço e serão os responsáveis por dar mais segurança aos homens do campo.

Depois de implantada em outras cidades, a patrulha conseguiu reduzir em apenas um ano cerca de 80% do número de ocorrências na zona rural, como aconteceu na cidade de Ituiutaba, em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais da cidade. Segundo o tenente Pinho, os militares estão aptos para identificar número de série de máquinas, cadastrar os produtores e seus funcionários com os respectivos veículos.

Para o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Araxá e secretário municipal de Desenvolvimento Rural, Caio Côrtes, o serviço da Patrulha Rural será de fundamental importância para a segurança e a prevenção, principalmente de furtos, na zona rural. “A patrulha vai atuar na prevenção da criminalidade e dos roubos. Quando a gente tinha a Delegacia Rural da Polícia Civil, eles faziam investigação, mas os crimes já tinham acontecido”, conta.

Segundo Caio Côrtes, muitos produtores residem em suas propriedades e precisam de mais segurança.  “Eles têm rebanho de alto valor genético e agregado, e também há produtores que guardam suas produções, como café, e também insumos, pesticidas e agrotóxicos, que são produtos de alto valor”, afirma.

Os policiais do 37º Batalhão de Polícia Militar vão utilizar uma Ranger, recebida através do governo do Estado, para o patrulhamento rural.

Notícias relacionadas