Araxá recebe o Fliaraxá 2016

Araxá recebe o Fliaraxá 2016

Foi aberto na noite desta quarta-feira, o V Festival Literário de Araxá – Fliaraxá. Com o tema “O Amor, a Leitura e as Diferenças”, o evento, que neste ano homenageia o escritor amazonense Milton Hatoum, acontece até o próximo domingo, na Fundação Calmon Barreto, com uma programação inteiramente gratuita.

Em uma noite marcada por grandes atrações, o Grupo Primeiro Ato deu as boas-vindas ao público com o espetáculo “Passagem”. Sob a direção da coreógrafa Suely Machado, os bailarinos encantaram e interagiram com quem passou pelo pátio da Fundação Calmon Barreto. A solenidade de abertura oficial ocorreu no remodelado auditório 1 que recebeu um público de mais de 500 pessoas. Na plateia, escritores, autoridades e artistas, como Jonas Bloch, assistiram aos discursos do diretor da CBMM, Antônio Gilberto, e do curador e idealizador do Fliaraxá, Afonso Borges. Ao falar sobre a escolha do tema, Afonso Borges ressaltou a importância da literatura na propagação do amor, bem como na formação de pessoas destituídas de preconceitos, visando a construção de um mundo mais torelante e melhor.“Só com respeito às diferenças podemos transformar a sociedade”.

O discurso do escritor italiano Roberto Parmeggiani, aniversariante do dia, foi o ponto alto da solenidade. Ao falar sobre o tema do V Fliaraxá, o autor leu o poema “Apelo ao Amor”, de sua própria autoria, no qual expressa o amor pelo Brasil citando frases de renomados escritores brasileiros. “Efetivamente, o Brasil está do lado oposto do mundo, mas esta é uma questão de perspectiva.O oposto depende do ponto a partir do qual você quer olhar. Graças a ele, conheci um Brasil diferente, escondido, real. Com Paulo Freire, me tornei um intelectual que não tem medo de ser amoroso. Amo as gentes e amo o mundo. E é porque amo as pessoas e amo o mundo que eu brigo para que a justiça social se implante antes da caridade. (Paulo Freire)”.

O primeiro dia de festival foi encerrado em grande estilo com o espetáculo “Jazz do Coração”. Com uma atuação quase uma hora, a atriz Françoise Fourton emocionou os presentes ao cantar e encenar textos poéticos e correspondências da escritora Ana Cristina Cesar, que abordam as relações humanas, o amor e a solidão urbana.

 

Confira a programação da tarde da quinta-feira, dia 15 de setembro:

 

Sarau da Turma do Tamanduel

Convidados: Paulo Netho e Salatiel Silva

Local: Auditório 1

Horário: 13h30 às 14h15

Atividade para crianças envolvendo música, poesia e improvisação, no espírito de um programa de auditório, com participação do público e dos mascotes Tamanduel e Lobato.

 

Oficina | Poemas de Amor no WhatsApp

Convidados: Rodrigo Feres e José Santos

Local: Auditório 3

Indicação: 12 anos | Vagas: 50

Horário: 14h às 16h30

Essa divertida oficina ensina o jovem a criar curtos poemas de amor e publicá-los via WhatsApp.

 

Oficina | Tudo que você sempre quis saber sobre o mercado editorial, mas não tinha pra quem perguntar

Convidados: Rodrigo Faria e Silva

Local: Auditório 2

Indicação: Livre | Vagas: 80

Horário: 14h às 15h50

O experiente editor e escritor irá mostrar todas as etapas de desenvolvimento de um livro, da criação do original até a negociação com as editoras.

 

Minas em mim

Convidados: Marilda Castanha e Nelson Cruz | Mediadora: Lucrécia Leite

Local: Auditório 1

Horário: 14h30 às 15h15

O premiado casal de autores, nascidos em Belo Horizonte, contam das suas experiências da paisagem e da conversa com o povo mineiro.

 

Cinema e literatura

Convidados: João Paulo Cuenca e Luiz Ruffato

Local: Auditório 1

Horário: 15h30 às 16h20

Os autores que tiveram suas obras publicadas na coleção Amores Expressos, da Cia das Letras. Ambos têm experiências com seus livros adaptados para o cinema.

 

A arte e aventura de escrever livros

Convidados: Rafael Nolli, Heleno Álvares, Ernesto Rosa e Luiz Sayegh | Mediador: Luiz Humberto França

Local: Auditório 2

Indicação: Livre

Horário: 16h às 17h

Os autores araxaenses falarão do processo de criação de seus livros, que serão lançados após o evento

 

Descobrindo o amor

Convidados: Thalita Rebouças

Local: Auditório 1

Indicação: Livre

Horário: 16h30 às 17h30

A autora fala sobre os anseios, incertezas e a delicadeza de viver o primeiro amor.

 

Espetáculo “Passagem”

Convidados: Grupo de dança 1º Ato

Local: Pátio da Fundação Calmon Barreto

Indicação: Livre

Horário: 17h às 18h

“O olhar pode mudar o caminho de alguém, pode aproximar ou afastar, convidar ou afugentar”. Esse olhar é a tônica do espetáculo “Passagem”, do grupo de dança Primeiro Ato. A direção coreográfica é da diretora artística, Suely Machado, e a coreografia do bailarino Alex Dias. “Passagem” tem como ponto central a influência do olhar no caminhar e convida o público a enxergar a sua própria cidade, o seu lugar. Na apresentação, os bailarinos usam como cenário o espaço público e a plateia pode interagir.

 

Da felicidade e dos afetos

Convidados: Frei Betto e Vladimir Safatle

Local: Auditório 1

Indicação: Livre

Horário: 18h às 18h50

Os experientes autores discutirão, a partir de suas obras, como a vida social e política influencia na felicidade e na construção dos afetos.

 

Oficina |Como fazer um Sarau Literário

Convidados: Heleno Álvares

Local: Auditório 3

Horário: 19h às 20h

Além de aprender as técnicas para a realização de um sarau, os alunos discutirão com o experiente escritor araxaense. Discutirão sobre o papel da poesia e da música na comunicação, da idade média até hoje, passando pela contracultura e a internet. No último dia, haverá um sarau com os participantes.

 

O amor, a literatura e a música como transformadores sociais

Convidados: MV Bill e Sérgio Abranches

Local: Auditório 1

Indicação: Livre | Vagas: 150

Horário: 19h às 19h50

O ativista social se une ao jornalista para falarem sobre suas impressões de como os afetos e as letras podem mudar o pensamento e o destino da sociedade.

 

Palestra| Cidades Criativas e Inteligência Coletiva

Convidados: Ana Carla Fonseca e Alejandro Castañé

Local: ACIA ( Associação Comercial, Industrial, de Turismo, Serviços e Agronegócios de Araxá) – Av. Getúlio Vargas, 365

Horário: 19h30 às 21h30

Venha debater com esses experientes pesquisadores da área social, sobre como pode ser a Araxá e as cidades do futuro.

 

O amor na história e na literatura

Convidados: Laurentino Gomes e Sérgio Rodrigues

Local: Auditório 1

Indicação: 12 anos

Horário: 20h às 21h

Os dois jornalistas falam sobre o amor através dos séculos XIX ao XXI. Laurentino é autor da premiada trilogia“1808”, “1822”e “1889”, com grande conhecimento de como eram as relações naqueles períodos. Sérgio Rodrigues é autor do romance “O Drible”, que trata da paixão nacional pelo futebol, e está lançando “Viva a Língua Brasileira!”, uma declaração de amor ao idioma que falamos.

 

O delírio do verbo [espetáculo teatral]

Convidados: Jonas Bloch

Local: Teatro Municipal

Horário: 21h30 às 22h30

Em “O delírio do verbo”, o ator Jonas Bloch interpreta textos de Manoel de Barros. O espetáculo conta histórias plenas de humor e poesia, conduzindo a um novo olhar sobre nossas vidas, numa linguagem surpreendente e inovadora.

 

Confira a programação na íntegra: http://www.fliaraxa.com.br/

Notícias relacionadas

Deixe um comentário: