Armadilha feita com garrafa pet combate o mosquito da dengue

Armadilha feita com garrafa pet combate o mosquito da dengue

Durante a primeira reunião do Núcleo de Mobilização Social em Saúde que acontece nesta terça-feira (9), na sede da Associação dos Municípios da Microrregião do Planalto de Araxá (Ampla), foi apresentada uma maneira simples de se combater o mosquito da dengue – uma armadilha, denominada mosquitérica, feita com garrafa pet, um pedaço de microtule (tecido sintético de poliamida, rendado com microfuros, semelhante ao tecido de mosquiteiro), lixa, fita isolante, alpiste, arroz ou ração para gato e tesoura.

A invenção é do cientista Maulori Cabral, professor de microbiologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, e neste vídeo ele demonstra como fazer a armadilha em entrevista concedida no estúdio do jornal Bom Dia Rio.

A garrafa é cortada, a boca coberta com o microtule, dentro vai arroz triturado e depois a água. Uma parte da garrafa é encaixada na outra e vedada com fita isolante. O mosquito vai colocar os ovos perto da água. As larvas nascem, passam pela tela para comer lá embaixo. Elas crescem e não conseguem voltar pela tela, ficando presas dentro da garrafa, e morrem.

Mas antes de fabricar a sua própria mosquitérica, é preciso se livrar de todos os possíveis focos de mosquito em casa. Só assim a armadilha vai ser 100% eficiente para eliminar o Aaedes aegypt.

Notícias relacionadas