Super banner
Super banner

Associações Comerciais do Estado elegem Emílio Parolini para presidir a Federaminas

Associações Comerciais do Estado elegem Emílio Parolini para presidir a Federaminas

Emílio - Federaminas

O empresário araxaense Emílio César Parolini foi eleito nessa segunda-feira para ocupar a presidência da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado de Minas Gerais (Federaminas) durante o triênio 2014/2016. A chapa “Evolução para resultados”, por ele liderada, foi aclamada em assembleia geral para eleição da nova Diretoria Plena e do Conselho Fiscal que reuniu na sede da entidade, em Belo Horizonte, lideranças empresariais de todas as regiões mineiras.

Parolini, que sucederá ao presidente Wander Luis Silva na condução da Federaminas a partir de abril, anunciou o propósito de intensificar o trabalho de interiorização de ações que a entidade desenvolve para fortalecer o movimento associativista em todo o Estado, implementando novas iniciativas direcionadas para atender as demandas das empresas de Minas, notadamente as de micro, pequeno e médio portes, que constituem o principal universo representado pelas associações comerciais (ACEs).

O presidente eleito conclamou os dirigentes das entidades federadas a se empenharem num trabalho objetivo pela sobrevivência e o crescimento das empresas, bem como pelo fortalecimento da economia dos municípios e do Estado. Neste sentido, destacou o papel precípuo das associações comerciais de atuarem como autênticas agências de promoção do desenvolvimento socioeconômico das comunidades em que se inserem.

O presidente Wander Luis, que completa o seu mandato em março, avalia que a formação de uma chapa consensual demonstra que a Federaminas encontra-se unida e fortalecida. “Mas a entidade tem ainda muito a caminhar, tornando mais forte suas ações e o movimento associativo”, diz ele.

Os eleitos – É a seguinte a diretoria da Federaminas para 2014/2016: presidente – Emílio Parolini; vice-presidentes – Márcio Antônio Farid (Araxá), Ivan Fontes (Arcos), Roberto Luciano Fortes Fagundes (Belo Horizonte), Cleide Bersani (Campanha), Ary Soares da Silva (Caratinga), Wander Luis Silva (Ipatinga), Edson Martins Coelho (João Monlevade), Hebert Lever José do Couto (João Pinheiro), Edilson Carlos Torquato (Montes Claros), Carlos Renato de Lima Reis (Passos), Daniel Freitas Resende (Patos de Minas), Benedito Coutinho de Almeida (Poços de Caldas), Alexandre Magno de Moura (Pouso Alegre), Carlito Pereira da Costa (Taiobeiras), Ricardo Bastos de Morais (Teófilo Otoni), Manoel Rodrigues Neto (Uberaba), Karim Abud Mauad (Uberaba) e Rogério Nery de Siqueira Silva (Uberlândia).

Como diretores estão Tomaz Benedito de Souza (Aimorés), José Oliveira da Silva (Almenara), Rosana Aparecida Siliba Fraga Souza (Andradas), Sílvio Presley dos Reis (Araguari), Daisy Almeida Ferreira Damasceno (Barroso), Marcelo Valadares Couto (Belo Horizonte), Tomaz Antônio Brum (Betim), Maurício Teixeira dos Santos Júnior (Capelinha), José Geraldo Fernandes (Campo Belo), Renato Sales Brandão (Caxambu), Umberto Nogueira (Contagem), Bruno Pereira Freitas (Elói Mendes), Luiz Gustavo de Souza Tatagiba (Formiga), Lucimara Aparecida de Carvalho Arantes (Guaxupé), Marco Aurélio Garcia Matos (Itabira), Luiz Henrique Alves (Ipatinga), Remy de Andrade Filho (Itajubá), Sílvio Divino Vilarinho (Ituiutaba), Aloísio José de Vasconcelos Barbosa (Juiz de Fora), Tânia Maria Rezende (Juruaia), Clair Martins Gomes (Manhumirim), Karone Marllus Rocha de Oliveira (Mutum), Vinicius de Moura Dias (Patos de Minas), Flávia Tatiana Ribeiro de Oliveira (Pirapora), Júlio Assis Sales (Ponte Nova), Luiz César Pereira Negreiros (São Lourenço), Hélio Eduardo Alves Pereira (Santa Luzia), Roberto Silva Oliveira (São Roque de Minas), Gislaine Márcia José Pires da Silva (Três Marias) e Michel Renan Simão Castro (Três Pontas).

Integram o Conselho Fiscal Valmir Rodrigues da Silva (Alfenas), Luis Américo Bertolacci (Carangola), Rubens Nunes Medeiros (Iapu), Fabiano Saleira Parreiras (Itaúna), Valdir José de Andrade (Lagoa da Prata) e Sanderson José Ragonezi (Nova Lima).

Notícias relacionadas