Autorizado concurso para 560 vagas no Corpo de Bombeiros em Minas

Autorizado concurso para 560 vagas no Corpo de Bombeiros em Minas

Para quem sonha ser oficial e soldado do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) a oportunidade é esta. Foi autorizado o edital para o Curso de Formação de Oficiais Bombeiros (CFO), com previsão de 30 vagas, e para o Curso de Formação de Soldados (CFSD), com 500 vagas para combatentes e 30 para especialistas.

O aviso do edital foi publicado no diário oficial  Minas Gerais desta quarta-feira (4). Os editais completos devem sair nos próximos dias. O concurso será coordenado pela Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep). A escolaridade exigida para ambos os concursos será o ensino médio.

Os aprovados terão direito a vencimento, abono fardamento, assistência médico-hospitalar, psicológica e odontológica. Atualmente, um soldado de 2ª Classe recebe salário de R$ 3.506,40 e um cadete do 1º ano, R$ 5.016,89.

Vagas e inscrições

Das vagas oferecidas para o CFO, 27 são para o sexo masculino e três para o sexo feminino. O curso de formação tem duração de três anos, com previsão de início em 6 de fevereiro de 2017 e o valor da inscrição é de R$ 177,49. As inscrições estão previstas para 4 de janeiro a 4 de fevereiro de 2016.

Para o CFSD serão oferecidas 500 vagas para o quadro de soldados combatentes, sendo 450 para o sexo masculino e 50 para o sexo feminino. O curso de formação tem duração de oito meses.

Já para o quadro de soldados especialistas serão oferecidas 30 vagas para as seguintes especialidades: mecânico de motor a diesel (11 vagas), mecânico de motor a gasolina/álcool (2 vagas), eletricista de autos (2 vagas), técnico em informática/rede de computadores (8 vagas), técnico em eletrônica (2 vagas), técnico em eletrotécnica (2 vagas) e técnico em telecomunicações (3 vagas).

O valor da inscrição para o concurso de CFSD é de R$ 81,96 e o curso terá início em 29 de março de 2017. As inscrições estão previstas para o período de 4 de janeiro a 26 de fevereiro de 2016.

De acordo com o capitão Alessandro Fábio Daldegan, chefe da Seção de Concursos do CBMMG, a expectativa é a de que haja um aumento de 50% no número de candidatos a uma vaga na corporação.

“Estamos nos baseando no grande número de inscritos nos últimos concursos públicos, o que não deve ser diferente no Corpo de Bombeiros”, explica Daldegan. O último CFO teve 12.374 inscritos para 30 vagas, média de 412 candidatos por vaga. Já no CFSD foram 23.475 inscritos disputando as 800 vagas, ou 29 candidatos por vaga.

O capitão Daldegan orienta os candidatos que a preparação seja iniciada antes mesmo da publicação dos editais. Ele destaca que os concursos para ingresso nas carreiras militares possuem algumas características que os diferem de outros porque o candidato deve se preocupar também com a preparação física, pelo fato de haver a exigência do Teste de Aptidão Física, de caráter classificatório e eliminatório.

Exigências

Os candidatos devem atender aos seguintes pré-requisitos, dentre outros:

-ser brasileiro nato, para o cargo de oficial, ou nato ou naturalizado para o cargo de soldado;

– possuir idoneidade moral;

– estar quite com as obrigações eleitorais e militares;

– ter no mínimo 18  anos e no máximo 30 anos de idade na data de inclusão (início do curso);

– altura mínima de 1,60 m (um metro e sessenta centímetros);

– ter aptidão física;

– ser considerado indicado em avaliação psicológica;

– ter sanidade física e mental;

– não ser contraindicado em exame toxicológico;

– não apresentar, quando em uso dos diversos uniformes, tatuagem visível que seja, por seu significado, incompatível com o exercício das atividades de bombeiro militar.

Para o preenchimento das vagas do Quadro de Especialistas, além dos requisitos previstos nos itens anteriores, deverá possuir formação técnica referente à vaga a que se candidatar.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário: