Bem Brasil recebe jovens para debater Voto Consciente

Bem Brasil recebe jovens para debater Voto Consciente

 

No próximo dia 05 de setembro, às 14h, a Bem Brasil Alimentos abre suas portas para a visita de jovens representando 20 instituições do ensino médio, acompanhados pela Dra. Mara Lucia Silva Dourado, promotora da Vara da Infância e Juventude da Comarca de Araxá. O objetivo da visita é discutir CIDADANIA. A ação  tem a ver com o movimento Voto Consciente, lançado em março deste ano, por iniciativa do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), em parceria com o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TER/MG) e a Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais.

 

A Bem Brasil é uma empresa jovem que ainda não tem uma década de existência, mas como foi projetada para ser líder de mercado no Brasil, vem construindo lastros sustentáveis em todos os âmbitos que impacta, mas especialmente na cidade de Araxá, local onde escolheu instalar-se para iniciar suas atividades. Por isso, algumas ações comunitárias vêm sendo encampadas pela empresa, no sentido de contribuir para o desenvolvimento da comunidade da qual a empresa e a maioria de seus colaboradores fazem parte.
“No Código de Ética da Bem Brasil está claro que a empresa não apoia partidos políticos, candidatos ou plataformas partidárias de qualquer ordem, mas apoia integralmente, a defesa da Ética e da Cidadania. Por isso acatamos de pronto, a solicitação da Dra. Mara, quando ela nos pediu que déssemos audiência a esses jovens que querem se expressar”, explica Juliana Monteiro, coordenadora de Marketing.
A reunião será realizada no quiosque da fábrica, espaço de convivência e recreação dos colaboradores, e tem por objetivo promover uma discussão sobre a importância do Voto Consciente e o futuro do país no que tange aos caminhos da política nacional.  “Entendo que mais do que um processo eleitoral, o Brasil está vivendo uma ânsia de Cidadania sem igual. A sociedade clama por uma solução para um dos problemas mais reclamados no âmbito da política, que é a Corrupção.  O “mal”, que não é um problema vivido só do Brasil, encontra na voz dos jovens um  brado pelo novo e pela ética na política. Este é o lastro que o movimento Jovem Cidadão, recém-lançado pela Bem Brasil, tem para ser desenvolvido”, analisa  Juliana.
“No dia 27 de agosto, nos reunimos com aproximadamente 90 adolescentes, representantes de escolas públicas e particulares de ensino médio. Apresentamos a eles a campanha Voto Consciente e pedimos que respondessem a um questionário. Ao final do encontro, abrimos espaço para que eles expusessem suas opiniões sobre as causas da corrupção, sobre política, lideranças, voto etc. O que mais me chamou a atenção foi a reclamação deles de que nós, adultos, não os deixamos falar, não conversamos com eles”, declarou a Dra. Mara Lucia Silva Dourado. “Por isso é que pedi espaço ao programa Bem Mais Brasil, que já apoia nosso movimento, no sentido de dar escuta a esses jovens!”, conclui a promotora.

 

No próximo dia 05 de setembro, às 14h, a Bem Brasil Alimentos abre suas portas para a visita de jovens representando 20 instituições do ensino médio, acompanhados pela Dra. Mara Lucia Silva Dourado, promotora da Vara da Infância e Juventude da Comarca de Araxá. O objetivo da visita é discutir CIDADANIA. A ação  tem a ver com o movimento Voto Consciente, lançado em março deste ano, por iniciativa do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), em parceria com o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TER/MG) e a Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais.

A Bem Brasil é uma empresa jovem que ainda não tem uma década de existência, mas como foi projetada para ser líder de mercado no Brasil, vem construindo lastros sustentáveis em todos os âmbitos que impacta, mas especialmente na cidade de Araxá, local onde escolheu instalar-se para iniciar suas atividades. Por isso, algumas ações comunitárias vêm sendo encampadas pela empresa, no sentido de contribuir para o desenvolvimento da comunidade da qual a empresa e a maioria de seus colaboradores fazem parte.

“No Código de Ética da Bem Brasil está claro que a empresa não apoia partidos políticos, candidatos ou plataformas partidárias de qualquer ordem, mas apoia integralmente, a defesa da Ética e da Cidadania. Por isso acatamos de pronto, a solicitação da Dra. Mara, quando ela nos pediu que déssemos audiência a esses jovens que querem se expressar”, explica Juliana Monteiro, coordenadora de Marketing.

A reunião será realizada no quiosque da fábrica, espaço de convivência e recreação dos colaboradores, e tem por objetivo promover uma discussão sobre a importância do Voto Consciente e o futuro do país no que tange aos caminhos da política nacional.  “Entendo que mais do que um processo eleitoral, o Brasil está vivendo uma ânsia de Cidadania sem igual. A sociedade clama por uma solução para um dos problemas mais reclamados no âmbito da política, que é a Corrupção.  O “mal”, que não é um problema vivido só do Brasil, encontra na voz dos jovens um  brado pelo novo e pela ética na política. Este é o lastro que o movimento Jovem Cidadão, recém-lançado pela Bem Brasil, tem para ser desenvolvido”, analisa  Juliana.

“No dia 27 de agosto, nos reunimos com aproximadamente 90 adolescentes, representantes de escolas públicas e particulares de ensino médio. Apresentamos a eles a campanha Voto Consciente e pedimos que respondessem a um questionário. Ao final do encontro, abrimos espaço para que eles expusessem suas opiniões sobre as causas da corrupção, sobre política, lideranças, voto etc. O que mais me chamou a atenção foi a reclamação deles de que nós, adultos, não os deixamos falar, não conversamos com eles”, declarou a Dra. Mara Lucia Silva Dourado. “Por isso é que pedi espaço ao programa Bem Mais Brasil, que já apoia nosso movimento, no sentido de dar escuta a esses jovens!”, conclui a promotora.

Notícias relacionadas