Bem Brasil volta a ser alvo de reclamações

Moradores do Pão de Açúcar e Jardim Natália voltaram a reclamar do mau cheiro vindo da beneficiadora de batatas pré-fritas, Bem Brasil, nos últimos dias. Segundo eles, o forte odor se intensifica no início da manhã e fim de tarde. A empresa confirma a volta do problema e promete solução através de uma nota enviada a imprensa.

A técnica em enfermagem, Cláudia dos Reis Silva Ribeiro, mora no Pão de Açúcar há mais de 10 anos. Ela diz não saber o que fazer, já procurou a empresa exigindo solução, mas até agora nada foi feito. “Mesmo com a casa fechada a gente sofre com o mau cheiro, um odor forte e insuportável”, diz.  Ela acrescenta que os moradores esperam uma resposta objetiva da empresa sobre o caso.

O morador Carlos Damasceno vive o mesmo problema. “A gente já cansou de procurar a empresa e nada foi feito, não dá mais para suportar essa situação”, afirma. De acordo com a bióloga e analista de processos da empresa, Erika Felícia Araújo, a Bem Brasil já averiguou o caso e entrou com processos corretivos, a fim de sanar o problema do mau cheiro. Ela acredita que em 15 dias tudo voltará ao normal.

Confira a nota de esclarecimento enviada ao Diário de Araxá

Em uma indústria de alimentos, os resíduos líquidos não podem ser descartados no meio ambiente sem antes passar por uma Estação de Tratamento de Efluentes. A preocupação dos órgãos ambientais quanto a esta questão a cada dia nos exige soluções mais eficientes no despejo desses resíduos.

De acordo com algumas reclamações dos moradores de Araxá dos bairros Jardim Natália e Pão de Açúcar foi detectado mau cheiro proveniente do nosso tratamento de efluentes causando assim algum transtorno para os moradores. Isto foi devido alguns acontecimentos que nos cabe de esclarecer toda população de Araxá.

No processo de Tratamento de Efluentes da Bem Brasil Alimentos, inicialmente o efluente bruto passa por um tratamento físico-químico e posteriormente por um sistema biológico de quatro lagoas de estabilização.

O objetivo principal é remover toda matéria orgânica, que possa causar danos maiores ao meio ambiente e ao ser humano. Tivemos uma grande sobrecarga de matéria orgânica, lançada para as lagoas de estabilização sem passar pelo tratamento físico-químico inicial e estamos investigando a possível causa do ocorrido.

Para que haja a estabilização do sistema, normalmente seriam necessários 36 dias que é o tempo de retenção necessário para o tratamento completo. Por isso, o odor ainda será perceptível durante algum tempo, mas enfatizamos que as soluções já foram tomadas para atender as reclamações feitas pelos moradores.

O importante é que ao detectar o ocorrido foram tomadas todas as medidas necessárias e várias análises foram feitas para avaliar a qualidade do nosso efluente bruto e tratado. Dentre as medidas tomadas, temos: a correção do pH, diminuição da carga orgânica das lagoas com sobrecarga, intensificação do tratamento físico-químico para maior remoção de sólidos e, conseqüentemente, carga orgânica.

De acordo com a lei ambiental estamos normalizando os odores o mais rápido possível para que a população não sofra incômodos em suas residências. O objetivo principal da Bem Brasil Alimentos é tratar toda a água utilizada na linha de produção e devolve-la à natureza de forma que não degrade o meio ambiente.

Notícias relacionadas