Blitz educativa faz campanha contra “motorista” sem habilitação

Blitz educativa faz campanha contra “motorista” sem habilitação

Da Redação/Jorge Mourão – 04/02/2011 – A Polícia Militar (PM) e representantes de autoescolas de Araxá promoveram nesta tarde (4) uma blitz educativa na avenida Getúlio Vargas. O objetivo foi orientar os motoristas sobre a importância de se tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para conduzir veículos, promovendo a educação e segurança no trânsito.

O projeto idealizado pelo publicitário Maykon Henrique Delfino, de Uberlândia, vem sendo executado em diversos municípios do Estado. De acordo com ele, não há pedidos de documentos e os condutores abordados recebem panfletos educativos. “A blitz alerta que motorista é aquele que tem habilitação”, afirma.

Segundo o tenente Alexandre, das quase 5 mil autuações feitas em Araxá pelo 37° Batalhão de Polícia Militar (BPM) em 2010, 45% (2.250) foram de condutores que não portavam habilitação ou permissão. Mais de 50% dos veículos autuados são motocicletas.

“Um condutor não habilitado muitas vezes não é conhecedor das regras de circulação. Acaba que ele contribui diretamente por surgimento de acidentes e, muitas vezes, nos deparamos com tal situação. Muitos envolvidos em acidentes são inabilitados”, afirma o tenente.

O instrutor Reinaldo de Souza, da Autoescola Brasil, afirma que a campanha foi muito positiva para a cidade. “Há muitas pessoas em Araxá dirigindo sem habilitação. Então, é com muita alegria que participamos desse movimento, pois o trânsito precisa de educação. Quanto mais pessoas forem educadas, melhor para evitar acidentes”, diz.

O valor da multa para que conduz veículo sem habilitação é de R$ 574,62.

Notícias relacionadas