Boca Júnior confirma o favoritismo e fatura o Ruralão

Boca Júnior confirma o favoritismo e fatura o Ruralão

O Boca Júnior sagrou-se campeão Ruralão de 2009 no empate em 2 a 2 na segunda partida da final contra a Pratinha, realizada na manhã de hoje (28), no Estádio Fausto Alvim. O Colorado de Tapira entrou em campo com o regulamento a seu favor e poderia perder por até dois gols de diferença já que venceu o primeiro por 3 a 1 no domingo passado.

Pratinha começa perdendo, mas vira no 1° tempo

A partida começou quente logo nos primeiros minutos da etapa inicial. Mesmo entrando em campo com vantagem de dois gols, o Boca Júnior não quis saber de brincadeira e partiu para cima do Verdão pratinhense.

Logo aos 2 minutos, Fominha abriu o placar. Ele recebeu a bola pela diagonal esquerda, invadiu a área e chutou cruzado no canto esquerdo, sem chances de defesa para Rogério.

A Pratinha não se entregou e empatou logo aos 19. Silvinho recebeu cruzamento pela direita e, de cabeça, encobriu o goleiro Neilson. O empate deu ânimo ao time pratinhense que explorava as jogadas de contra-ataque com Tony, Jackson, Gabriel e Márcio.

Aos 30, o Verdão virou a partida. Gabriel recebeu belo passe entre a zaga do Boca e completou de primeira na grande área, no contrapé direito de Neilson.

Os quinze minutos finais foram marcados por muitas faltas e a partida deu uma esfriada. A bola chegava na área dos dois times somente em lances de bola parada, mas nenhum foi finalizado para o gol.

Boca empata e aguarda o apito final para levantar a taça

O forte calor abateu o time pratinhense, que teve seis alterações na etapa complementar. Já o Boca Júnior aproveitou o cansaço do time adversário e resolveu mexer no ataque, com Guti entrando no lugar de Veraldo.

O primeiro lance de perigo do Colorado veio aos 19 minutos. Fernando fez linda jogada individual passando pelos dois defensores da Pratinha, invadiu a área e chutou forte e rasteiro no canto direito de Rogério. A bola explodiu na trave e foi afastada pela zaga.

A Pratinha ainda tentou ampliar o marcador com Tony. Ele recebeu a bola pela direita na pequena área e finalizou de primeira. Neilson defendeu firme e impediu o terceiro do Verdão.

O Boca Júnior buscava o empate nas armações de jogadas com Fernando, mas o ataque não conseguia concluir com sucesso. A partir daí Guti, aos 34, resolveu experimentar o goleiro Rogério. Ele recebeu a bola na intermediária da Pratinha, ajeitou e acertou um belo chute colocado do meio da rua. A bola encobriu o goleiro do Verdão, que estava adiantado, e morreu no fundo da rede.

Com o empate, a torcida colorada soltou o grito de “é, campeão!” e esperou o árbitro João Mariano de Andrade dar o apito final para comemorar o título junto com os jogadores, comissão técnica e diretoria.

Destaques do Ruralão

Campeão: Boca Júnior.
Vice: Pratinha (União Pratinhense).
3° lugar: Fazenda Máfia.
Artilheiro: Daniel (Grêmio Tapirense).
Goleiro menos vazado: Fábio Pacote (Fazenda Máfia).
Troféu Disciplina: Bom Sucesso.

Ficha técnica

Boca Júnior: Neilson, Jadir (Marcão), Robson, Jerry e Chiquinho (Meloso); Jadirão, Nego e Fernando; Guariba, Fominha (Ninico) e Veraldo (Guti).
Treinador: Lincoln Fernando.

Pratinha: Rogério (Johny), Derson (Sabino), Cassinho, Leandro e Silvinho; Bruno, André (Juliano), Jackson (Toquinho) e Tony (Guilherme), Gabriel (Alexandre) e Márcio.
Treinador: Pereira.

Árbitro: João Mariano de Andrade (Bozó).
Auxiliares: Noel Pereira França e Claudinei Roberto.

Cartões amarelos: Jadir, Chuquinho e Veraldo (Boca Júnior); Leandro, Silvinho, Bruno e Juliano (Pratinha).

Gols: Fominha, aos 2, Silvinho, aos 19, e Gabriel aos 30 do 1° tempo; Guti, aos 39 do 2°.

Clique na foto para baixar o Wallpaper do Boca Júnior

Notícias relacionadas