Bosco é indicado para Conselho Estadual de Política Cultural

Bosco é indicado para Conselho Estadual de Política Cultural

O deputado estadual Bosco foi indicado pelo presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, como representante do Legislativo mineiro no Conselho Estadual de Política Cultural (Consec) e membro titular no Grupo Coordenador do Fundo Estadual de Cultura (FEC), respectivamente.

 

O Conselho Estadual de Política Cultural é um órgão de assessoramento superior da Secretaria de Estado de Cultura, composto por 11 representantes do Poder Público e 11 representantes da sociedade civil, contando com a participação deste último setor na construção de Políticas Públicas.

O Consec tem como competência o acompanhamento do Plano Estadual de Cultura, desde a elaboração até sua implantação, cooperando em políticas junto ao Secretário de Cultura.

O FEC – Fundo Estadual de Cultura – tem o viés de estimular, apoiar e incentivar projetos culturais no Estado, promovendo a produção e circulação de toda expressão artística intrínseca à Cultura, bem como a manutenção e conservação do patrimônio cultural de Minas Gerais. 

O FEC contribui também com a liberação de recursos e investimentos possibilitadores para a produção destes projetos, com base em critérios de qualidade. Desde a criação, o Fundo Estadual de Cultural já viabilizou aproximadamente 700 projetos, sobretudo em municípios do interior, evidenciando sua importância enquanto instrumento difusor e incentivador da cultura no Estado.

Notícias relacionadas