Calvex Martins morre em Belo Horizonte vítima de leucemia

Calvex Martins morre em Belo Horizonte vítima de leucemia

O ex-jogador do Araxá, Calvex Martins, morreu hoje (29), aos 44 anos, em Belo Horizonte, vítima de leucemia. Ela já estava na capital mineira fazendo tratamento, mas não resistiu. Calvex deixa a mulher Adélia Maria Côrtes e dois filhos, Bernardo (9 anos) e Rafael (12 anos). Ele será velado e sepultado amanhã (30) em Belo Horizonte, sua cidade natal.

Calvex foi um dos ídolos do Araxá e também jogou no Fluminense de Araguari, Cruzeiro, Fortaleza, Caldense, Uberlândia e outros times da região. No Ganso, ele também atuou na diretoria e como treinador. O último envolvimento de Calvex com o futebol foi à frente do clube amador Tiradentes, em 2009. No ano passado, ele se formou em Educação Física pelo Uniaraxá e ministrava aulas pela prefeitura e pelo Estado.

Segundo o presidente do Araxá, Dailsom Lettieri, uma comitiva representando o clube foi à capital mineira para o enterro do ex-jogador, levando uma camisa do Alvinegro. “Lamentamos muito a morte dele. Estive com ele há duas semanas e se mostrava otimista em vencer o câncer”, destaca.

“Infelizmente estava em casa hoje com o Rubinho (supervisor) e recebemos a ligação informando da morte dele. Conversei com a esposa dele confraternizando a família em nome da diretoria e da cidade de Araxá”, acrescenta o presidente.

Dailsom afirma que o ex-jogador faz parte da história do Araxá e deixou sua marca. Recentemente, a cidade deu adeus a Nilton Germano, o Ganso, jogador que originou o mascote do Alvinegro.

Notícias relacionadas