Câmara aprova, população reprova

Câmara aprova, população reprova

Da Redação/Raphael Rios – A aprovação de R$ 700 mil reais pela Câmara Municipal para o filme “Vazio Coração” não agradou a população. A verba teve o voto favorável dos vereadores Márcio de Paula (PR), Pezão (PMDB), Alexandre “Irmãos Paula” (PR), Garrado (PR) e Juninho (DEM). Já os vereadores Mateus Vaz de Resende (DEM), Marco Antonio Rios (PSDB), Lídia Jordão (PP) e Weliton Cardoso (DEM) foram contra.

Nas redes sociais não se fala de outro assunto. Para a maioria das pessoas, há outras coisas a se fazer na cidade de primeira necessidade. Para Matheus Augusto Rios, o município deveria investir na saúde com leitos de UTI e valorizar o salário dos professores.

Anderson Alves Costa vai além. “Vazia está a consciência de alguns vereadores em aprovar tal projeto; vazia deve estar a cabeça do prefeito; vazio devem estar os corações e a esperança de muitos de nós araxaenses em saber que falta bom senso e senso de governança. Lamentável”, destacou em seu comentário.

Assim que o projeto deu entrada na Câmara se iniciaram os debates. Para a oposição, o valor foi considerado alto e poderia ser melhor investido em projetos sociais, equipamentos para hospitais e renovação de convênios com entidades assistenciais do município.

“Um absurdo. Uma cidade onde a saúde está na UTI e aí liberam 700 mil para um filme? É brincadeira. E pior, o brasileiro tem memória curta, é bem provável que nas próximas eleições, coloquem essas mesmas pessoas no poder”, comentou Lidiane Farah.

Gabriela Castro, em seu comentário, disse que as coisas estão ficando cada dia pior.  “É hora de a população protestar. Não adianta ficarmos reclamando e falando. Temos e que nos unir, pois juntos quem sabe, podemos fazer algo para reverter esta história”.

O filme

“Vazio Coração” é um drama psicológico que narra de forma comovente a luta de um filho para reconquistar a confiança do pai. A produtora executiva Débora Torres e o roteirista e diretor Alberto Araújo estiveram na cidade recentemente e já cuidam de detalhes para a gravações na cidade, que vão representar cerca de 80% do longa.

Sinopse

O longa-metragem, com 90 minutos de duração, conta a história de Hugo Kari, um cantor brasileiro de renome nacional que resolve fazer uma pausa em sua atribulada agenda para se encontrar com o pai, o embaixador Mário Menezes, no hotel onde a família costumava passar férias.

Notícias relacionadas