Campanha Contra a Gripe estima vacinar 26,5 mil pessoas em Araxá

Campanha Contra a Gripe estima vacinar 26,5 mil pessoas em Araxá

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe está sendo realizada em Araxá, com previsão de encerramento no dia 19 de maio. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), 26,5 mil pessoas dos grupos prioritários devem ser imunizadas.

Cinco mil doses foram disponibilizadas para a primeira etapa, com reposições previstas para acontecer semanalmente. A novidade deste ano é a imunização de professores que trabalham nas redes pública e particular.

O público-alvo da campanha é crianças de 6 meses a 4 anos, idosos (a partir de 60 anos), portadores de doenças crônicas, trabalhadores da área de saúde, funcionários do sistema prisional, professores, população privada de liberdade, gestantes e mães que tiveram filhos nos últimos 45 dias (puérperas).

“Dentro desses grupos temos uma população de aproximadamente 24 mil pessoas em Araxá. A meta da campanha é vacinar, no mínimo, 90% dentro de cada grupo. No ano passado, nós vacinamos todos os grupos acima de 90%, então esperamos repetir essa meta, pois percebemos que a população entendeu a importância da vacina contra a gripe e está procurando sem receio”, afirma a coordenadora do Centro de Vacinação e do Setor de Imunologia da SMS, Marcela Mesquita.

As instituições para idosos e hospitais também começaram a receber as doses, por meio de agendamento. Fica sob responsabilidade de cada Programa Saúde da Família (PSF) agendar a vacinação da população de acamados das respectivas áreas de cobertura.

Demais acamados podem solicitar agendamento via Programa Interdisciplinar de Internação Domiciliar (PIID), que funciona em anexo a Secretaria Municipal de Saúde, ou no Centro de Vacinação.

Orientações gerais

A regra básica para a imunização é a apresentação de cartão de vacina e documento de identificação. Portadores de doenças crônicas precisam apresentar, também, justificava médica. As gestantes deverão apresentar cartão de pré-natal, enquanto as mães em puerpério devem apresentar cartão de vacina ou certidão de nascimento da criança.

Já os professores deverão ser imunizados na próxima semana, sendo que os da rede municipal receberão as doses na Secretaria Municipal de Educação; enquanto os profissionais das redes estadual e particular deverão procurar a Unicentro, munidos de comprovante de remuneração para o exercício educacional.

Pontos de vacinação e horários

– Centro de Vacinação Gil Montandon: das 8h às 16h50

– Unileste: 7h30 às 13h

– Uninorte: 8h às 12h

– Unisa: 11h30 às 16h30

– Unisul: 8h às 12h30

– Uninordeste: 7h30 às 12h30

– Unicentro: 8h às 16h30

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *