Capal apresenta Programa OQS em Perdizes nesta terça

Capal apresenta Programa OQS em Perdizes nesta terça

A Assessoria de Comunicação da Cooperativa Agropecuária de Araxá (Capal) promove, nesta terça-feira (16), a apresentação do Programa de Organização do Quadro Social (OQS) para os produtores de Perdizes. A reunião acontece no Tatersal do Parque de Exposições, situado à rodovia MG-462, s/n, a partir das 19h. O objetivo é proporcionar aos cooperados um canal de comunicação com a Capal e promover interação entre os associados e familiares.

O Programa de Organização do Quadro Social é uma iniciativa do Sistema Ocemg/Sescoop-MG, que permite definir e estruturar melhor o quadro social das sociedades cooperativas, estabelecendo um processo dinâmico, sistemático e permanente de integração entre associados e cooperativas.

A Capal possui 12 comunidades cooperativistas, com média de participação de 32 cooperados por evento. A proposta é enfatizar a importância da organização do quadro social para o entrosamento e desenvolvimento dos associados.

Através das comunidades cooperativistas, a Capal busca que os resultados pretendidos se concretizem com a união do quadro social e a participação de produtores melhor preparados para a condução da atividade.

Com as reuniões de núcleo, a formação de líderes de comunidade, dos conselhos e das assembleias gerais e também o desenvolvimento de programas de educação cooperativista, projetos sociais e de capacitação dos associados e familiares, a cooperativa atua no desenvolvimento do mercado, fortalecimento da marca e estrutura organizacional.

Para o jornalista e agente de desenvolvimento cooperativista da Capal, Saulo Aguiar, organizar o quadro social é da mais alta importância para consolidação das cooperativas na sociedade e fortalecimento dos cooperados.

“É importante todos os associados conhecerem e participarem da vida diária da cooperativa. A fidelização do quadro de associados é o maior objetivo das cooperativas, um trabalho que deve ser contínuo e diário. Entendemos que a melhor forma de estimular essa fidelização e organizar o quadro social, é dividir os associados em núcleos, para que, através de seus representantes, participem das assembleias gerais, das reuniões com a diretoria, com o Conselho Fiscal, com o Conselho de Administração, com a comunidade. Enfim, os associados e a cooperativa devem viver em harmonia e a organização do quadro social é o caminho para isso acontecer.”

Nova comunidade

A Capal viabilizará uma nova comunidade cooperativista. Os produtores de Perdizes solicitaram a criação de uma comunidade própria devido às dificuldades para deslocamento até as comunidades mais próximas, como por exemplo, o Sonho Azul e a do Itaipu.

O objetivo é facilitar a comunicação entre os cooperados e a cooperativa e, através de palestras, orientar e melhorar o atendimento aos produtores, além de passar as novidades do mercado. A primeira reunião oficial acontece também no dia 16, terceira terça-feira do mês.

Notícias relacionadas