Carnaval no Centro atrai média de 7 mil pessoas por noite

Carnaval no Centro atrai média de 7 mil pessoas por noite

O Carnaval de Rua 2015 levou para a Avenida do Samba o Sesquicentenário de Araxá, comemorado este ano com diversas iniciativas idealizadas pela Administração Aracely de Paula. As cinco Escolas de Samba que desfilaram no sábado e na segunda demonstraram com muita alegria as nossas tradições, culinária, costumes, riquezas minerais, Dona Beja, índios e muita mais.

Em entrevista à imprensa, o prefeito Aracely de Paula destacou que o evento foi uma festa de toda a família araxaense. “A avenida é o coração do povo, uma festa de confraternização, da nossa história, das nossas tradições. Não poderíamos nunca excluir o mais importante, essa oportunidade de unirmos Araxá em torno de uma festa alegre, cativante, comovente, de todos nós”, afirmou.

O prefeito também aproveitou para agradecer o envolvimento de toda a sociedade para grandes acontecimentos como o Carnaval. “E eles surgem nos desafios, nas dificuldades, mas também nos momentos de alegria e confraternização. Gostaria de dizer que nosso sentimento não foi para magoar ninguém, e sim para unir a todos”, disse.

“Deixo um agradecimento sincero, de coração, de um araxaense que deu grande parte de sua vida para o crescimento de Araxá, que quando está unida todos somam, os bairros, as famílias, a imprensa, as instituições, as Escolas de Samba, desprovidos de qualquer revanchismo, ressentimento. Araxá pertence a todos, e que todos os nossos atos possam contar com essa confraternização”, concluiu.

Balanço positivo

A secretária municipal Especial de Turismo e Eventos, Régia Côrtes, destaca que o Carnaval registrou média de 7 mil pessoas por noite nos quatro dias de evento. “Foi um Carnaval de muita alegria, um público sensacional. O povo de Araxá compreendeu o nosso projeto, somado com os esforços de diversos parceiros”, relata.

Régia também ressalta a questão da segurança que foi muito bem executada. “Recebemos famílias, grupos de amigos, ou seja, a sociedade se envolveu. Tudo foi planejado para que o Carnaval acontecesse de forma mais tranquila possível na avenida Getúlio Vargas”, diz.

“Tivemos apoio incondicional das Secretarias de Segurança Urbana e Cidadania, de Serviços Urbanos, de Ação e Promoção Social, Polícia Militar, Polícia Civil, Bombeiros, Juizado de Menores, Consep, Cerad, Presídio Regional, segurança de eventos, tivemos ainda o apoio da Secretaria de Saúde que promoveu distribuição gratuita de preservativos e material gráfico sobre conscientização, foi uma união de esforços que culminou em um resultado extremamente positivo. Foi uma festa linda, e nenhuma ocorrência foi registrada dentro do Carnaval”, conclui Régia.

Notícias relacionadas