Carrinho da Solidariedade arrecada mais de cinco toneladas de alimentos

Carrinho da Solidariedade arrecada mais de cinco toneladas de alimentos

Realizada em dezembro, a Campanha “Carrinho da Solidariedade” terminou com saldo muito positivo. Foram arrecadadas mais de cinco toneladas de alimentos nos 21 Supermercados parceiros, sendo eles: Redes de Supermercados Bernardão, Barbosão, ABC, Mart-Minas, Primavera, Paula e Paula e Atacado Farid. A sede da ACIA e o FestNatal, também foram pontos de coleta.

Entre os quase oito mil itens arrecadados, destacam-se: arroz, feijão, açúcar, macarrão, óleo, leite, café, bolachas, materiais de limpeza e de higiene pessoal, dentre outros produtos que enriqueceram as cestas doadas pelo SOS especialmente no Natal. Segundo a Presidente do SOS, Dona Célia Cardoso, a campanha proporcionou a doação de cestas especiais para centenas de famílias carentes, em Araxá.

A ação também ainda permitiu um estoque suficiente para que o SOS possa atender por mais alguns meses. “A gente só tem que agradecer a comunidade de Araxá, que aderiu totalmente ao nosso pedido, a promoção da Câmara e dos nossos parceiros”, ressalta Dona Célia.

A Campanha “Carrinho da Solidariedade” começou a ser planejada em setembro de 2017, quando, na ocasião de uma homenagem aos 50 anos do SOS na Câmara de Vereadores, o Presidente da Casa, Fabiano Santos Cunha, lançou a ideia para arrecadar alimentos para a entidade anunciando os parceiros.

A Fundação Acia, dirigida pela presidente, Régia Côrtes, também acampou a ideia e abriu as portas do FestNatal Araxá 2017 para arrecadar doações e divulgar a ação. A CBMM foi outra parceira importante, custeando o material de divulgação da campanha. A Agência Bugani, voluntária da ação, foi a responsável pela comunicação e criação das peças publicitárias.

“Se não fosse a adesão plena de todos os parceiros e da sociedade de Araxá, a campanha não atingiria o sucesso alcançado. Ficamos extremamente felizes com o resultado final. A Promoção Social também deve ser uma das atribuições do agente público.” destaca Fabiano Santos Cunha.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *