Cemei recebe nome de ex-aluna do Uniaraxá

Cemei recebe nome de ex-aluna do Uniaraxá

A Prefeitura de Araxá inaugurou nos últimos dias três Centros Municipais de Educação Infantil (Cemeis), sendo que um deles recebeu o nome de Sarah Valle Abrahão em homenagem à ex-acadêmica e ex-estagiária do Centro Universitário do Planalto de Araxá (Uniaraxá), que faleceu em um acidente automobilístico em janeiro de 2009.

Além do prefeito Jeová Moreira da Costa, deputado federal Aracely de Paula, vereadores, secretários e público em geral, compareceram à inauguração o reitor do Uniaraxá, professor mestre Válter Gomes, diretores, professores e funcionários, que foram prestar homenagem à ex-colega e partilhar com a família Valle e Abrahão as alegrias decorrentes da merecida homenagem.

Araxá possui ao todo 14 Cemeis, que atendem a 17 mil crianças de 0 a 6 anos, relatou a secretária municipal de Educação, professora mestre Giovana Mesquita de Paula Guimarães, autora da proposição encaminhada à Câmara Municipal de Araxá, transformada em lei em 02/12/2009, denominando Centro Municipal de Educação Infantil Sarah Valle Abrahão a unidade construída na rua Antônio de Freitas, 185, bairro Santa Mônica, em Araxá.

Segundo a assessora de ensino do Uniaraxá, professora Maria Lúcia Idaló, Sarah era muito querida por todos e deixou sua marca na instituição pelo seu exemplo de dedicação, companheirismo e profissionalismo.

Filha de José Antônio Abrahão e Eleonora Teixeira Valle, Sarah, em sua breve existência, demonstrou liderança, alegria, comunicabilidade e inteligência.  Mudou-se para a cidade de Frutal, no Triângulo Mineiro, onde ingressou numa agência do Banco Itaú por meio de concurso.

Numa das viagens de trabalho, a caminho de São José do Rio Preto (SP), um acidente ceifou a vida da bela jovem, recém-formada nos cursos de Direito e Agronegócios do Uniaraxá. Consternada, a comunidade acadêmica prestou homenagem à egressa, publicada em jornais locais à época, com destaque para a coluna Mulheres que fazem a diferença, do Jornal Interação.

Em uma das mensagens, o reitor Válter Gomes destacou os atributos da jovem que a tornaram tão especial para os amigos e colegas. “Foi uma mulher à frente do seu tempo, principalmente nos quesitos vontade, iniciativa e disponibilidade para o aprendizado. No tempo em que convivemos como professor/aluna, ela demonstrou garra e vibração diferenciadas, que a tornaram marcante e inesquecível”, descreveu o reitor.

Notícias relacionadas