Cemig prorroga Campanha de Negociação de Débitos até fevereiro

Cemig prorroga Campanha de Negociação de Débitos até fevereiro

Isenção de multas e juros estão entre as vantagens oferecidas para os clientes com faturas atrasadas

 

Clientes que possuem contas de energia vencidas podem procurar a Cemig até 16 de fevereiro para negociar a regularização dos débitos. Durante a Campanha de Negociação de Débitos, em vigor desde novembro do ano passado, a companhia oferece condições diferenciadas, como a isenção de multas e juros, nos casos de pagamentos à vista, e opções de parcelamento mais atrativas, em até 24 meses.

De acordo com o superintendente de Gestão da Receita da Distribuição da Cemig, Helton Ferreira Diniz, as facilidades proporcionadas durante a campanha consideram o atual momento econômico do país e buscam facilitar ao máximo a regularização da situação do consumidor que está em débito. “Essa é uma ótima oportunidade para que o cliente negocie sua dívida e evite a suspensão do serviço de energia ou inclusão no cadastro negativo dos órgãos de proteção ao crédito”, afirma Diniz.

Para atender à demanda em todo o estado, a Cemig possui um número de telefone exclusivo para negociação e parcelamento das dívidas: o 0800 721 7003 está disponível de segunda a sexta-feira, das 9 às 21 horas, e aos sábados, das 9 às 15 horas.

Além do 0800, os clientes em débito podem receber atendimento presencial em uma das agências da Rede Cemig Fácil, se assim preferirem.

“Os parcelamentos poderão ser realizados pelo titular da fatura – mediante a confirmação dos dados cadastrais no contato telefônico ou apresentação do CPF ou RG nas agências de atendimentos – ou representante legal com a devida documentação e procuração para esse fim”, explica Helton Diniz. Ainda de acordo com o superintendente, as condições de negociação são atrativas e variam de acordo com o número de faturas vencidas. Os clientes poderão obter mais detalhes  nos canais de atendimento da companhia.

 

Comunicação da inadimplência

A Cemig utiliza diversas formas de comunicação para evitar a inadimplência e a inscrição do titular no serviço de proteção ao crédito. As principais são o envio de e-mail, SMS, carta-cobrança, carta de notificação e o contato telefônico.

Notícias relacionadas

1 Comentário

  1. Raimundo severo

    A CEMIG NAO ESTA FALICITANDO NADA, E PURA ENGANAÇCAO, OS JUROS SAO ABUSIVOS, COMO EM QUALQUER FINANCEIRA, ELA NAO ESTA ABRINDO MAO DE NADA, MEU DEBITO ERA DE r$ 3.104,00, VOU PAGAR QUASE r$ 5.000,00, ISSO PQ ESTOU CADASTRADO NO CAD UNICO. . MEU PARCELAMENTO FICOU EM 36 DE R$ 108,00+ CONTA MENSAL VI PARA UNS 200,00 POR MES. . QUAL LOJA OU COMERCIO TEM MELHOR PORPOSTA QUE A CEMIG. O QUE A CEMIG DEVERIA FAZER ERA CONCEDER UM DECONTO DE 50% NO DEBITO PRINCIPALMENTE NAS CONTAS DE PESSOAS DE BAIXA RENDA. . PARCELAR CONTA OM JUROS DE 0,65% AO MES, ACRESCIDOS DE OUTROS ENCARGOS, ISSO NAO AJUDA NINGUEM, SO A PROPRIA CEMIG.

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *