Clube da Cozinha de Araxá comanda viagens gastronômicas no Festival Internacional

Clube da Cozinha de Araxá comanda viagens gastronômicas no Festival Internacional

Mexer com os sentidos e o paladar não é uma tarefa fácil. Na arte de misturar temperos e alimentos não se pode deixar passar do ponto, pois corre o risco de desandar com tudo. Para os apaixonados pela culinária e que gostam de colocar a mão na massa, o VII Festival Internacional de Cultura e Gastronomia de Araxá, em sua intensa programação, preparou uma viagem pela gastronomia mineira.

O Festival de Araxá acontece entre os dias 24 e 27 de julho, no pátio da Fundação Cultural Calmon Barreto. Música de qualidade, espaço para encontrar amigos e curtir um bom papo, degustações, restaurantes de destaque e festins.

Com o objetivo de fomentar o acesso da população à cultura e aos destaques da cozinha nacional e internacional, grandes nomes da música e da gastronomia estarão reunidos na cidade mineira. Uma das presenças mais aguardadas no evento é a do Clube da Cozinha de Araxá, com suas caprichadas viagens gastronômicas pelo interior de Minas Gerais. Confira a programação:

Clube da Cozinha de Araxá

Este renomado grupo gourmet foi formado há 20 anos, por um grupo de amigos, e trabalha na reinvenção da culinária de raiz e no estudo das comidas típicas da região. Anualmente, desde a primeira edição do festival, o Clube da Cozinha de Araxá é um dos participantes mais aguardados, brindando o público com sua famosa Paelha Caipira e o Velório do Boi, atraindo pessoas de todas as idades.

No caso do Festival do Boi, também conhecido como Velório do Boi, é um ritual gastronômico regional que assa um boi inteiro durante o evento. Enquanto a carne assa, os participantes apreciam os tira-gostos e variados pratos do evento, curtindo uma boa prosa e contando muitos causos, como bem gostam os mineiros.

“Essa tradição é um dos pontos altos do Festival de Araxá, festa embalada também por uma boa cachaça, um chope gelado e drinks especiais enquanto os cantadores e contadores de causos esperam o prato ficar pronto. O preparativo inicial do assado começa no dia 25 (sexta-feira) às 16h, e segue o velório do boi pela noite adentro e madrugada, até o domingo (27/7), às 13h, a hora mais aguardada, quando o público poderá degustar o boi”, explica Agenor Lemos Jr, o Juninho, um dos organizadores do evento e responsável pela programação gastronômica.

Notícias relacionadas