Codemig envia nota para explicar intervenções nas Ruinas do Hotel Rádio

Codemig envia nota para explicar intervenções nas Ruinas do Hotel Rádio

Em nota enviada nesta sexta (11) pela assessoria de comunicação, a Codemig informa que está realizando intervenções para conservação e proteção das Ruinas do Hotel Rádio.  As obras,  chamaram a atenção dos araxaenses na última semana, várias pessoas se mobilizaram através das redes sociais para denunciar a construção de um alambrado em torno do parque do hotel e pediram ajuda ao poder púbico para obter explicações da Codemig. O local é muito utilizado por esportistas e algumas trilhas, são usadas em eventos nacionais e internacionais de Mountain bike, dentre outros.

Confira a nota em sua integralidade:

“A Codemig está concluindo ações para conservação das ruínas do Hotel Radium, localizado no Parque do Hotel Radium, em Araxá, em cumprimento às exigências do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha/MG) e do Ministério Público de Minas Gerais (Expediente nº 22/2012). A finalidade é à preservação da integridade estrutural desse bem cultural, protegido pelo Estado.

Nesse sentido, já foram realizadas intervenções como poda preventiva e cautelosa e consolidação de barrotes de piso e cobertura, mitigando risco de desabamento. Também está sendo providenciada a implementação de cercamento, em conformidade com as determinações do Iepha, visando à proteção do imóvel e à segurança das pessoas que circulam próximo ao local.

A iniciativa não prevê o fechamento definitivo do espaço, e, sim, a preservação do bem, que é tombado. Após a conclusão das ações, a área das ruínas estará aberta para visitação do público, de quinta-feira a domingo, entre 9h e 16h.

O valor investido pela Codemig para realização das medidas requeridas pelo Iepha e pelo Ministério Público é de aproximadamente R$ 200 mil. Antigo “Hotel dos Estrangeiros”, posteriormente conhecido como Hotel Radium, o monumento foi edificado em 1919, com ampliações em 1930 e 1945, sendo que, em 1985, foi criado o Parque Hotel Radium. As ruínas do Hotel integram o Complexo Hidrotermal e Hoteleiro do Barreiro, bem tombado pelo decreto 19.908 de 05/1979 e pelo art. 84 da Constituição Estadual de 1989.

Paralelamente às ações exigidas, a Codemig está realizando a manutenção do cercamento já existente no entorno do Parque do Hotel Radium. A população continua a usufruir do espaço. Após a manutenção, objetivando a preservação ambiental e a segurança dos usuários, o parque, incluindo as trilhas e a pista de bicicleta, terá horário de funcionamento todos os dias, de 7h às 17h.

 

Pistas de Ciclismo

O Iepha determinou providências em relação ao monitoramento de acesso e vigilância das ruínas do Hotel. Por isso, houve necessidade de fechamento do local e alteração de uma das vias da pista de ciclismo. A estrada do lado esquerdo do Hotel foi fechada e um novo acesso foi aberto do lado direito. Assim, mantem-se a continuidade do percurso, garantindo a circulação e o uso. Segue, o mapa do Parque do Hotel Radium e o mapa do entorno das ruínas do Hotel que mostram essa alteração.

 

 7º Enduro Dona Beja

Mediante Termo de Autorização e Responsabilidade a ser assinado pelo Moto Clube do Cerrado, a Codemig está autorizando a realização do 7º Enduro Dona Beja, entre os dias 16 e 17 de setembro, nas proximidades do Hotel Radium. O documento prevê, entre outros itens, medidas de prevenção, segurança e preservação do meio ambiente, como:

  1. a) A prática de motociclismo durante o evento deverá limitar-se às trilhas abertas, sendo proibida a abertura de novos trechos no terreno para trajeto de qualquer tipo de veículo;
  2. b) Os percursos das competições de motociclismo não poderão abranger as áreas onde estão situadas as ruínas do Hotel Radium, sendo vedado, ainda, o acesso à ruinaria durante toda a realização do evento;
  3. c) A organização deverá promover a vigilância do terreno em pontos estratégicos para assegurar que ninguém entre nas ruínas do Hotel Radium durante o evento;
  4. d) A organização deverá disponibilizar ambulância, com equipe médica, para cobertura do evento em casos de urgência e emergência, visando ao atendimento dos participantes e também dos espectadores;
  5. e) A organização deverá contratar seguro de acidentes pessoais, de modo a cobrir não só os competidores, mas também os espectadores;
  6. f) A organização do evento deverá observar a legislação ambiental estabelecia em âmbito federal, estadual e municipal.”

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *