Combate à tuberculose alerta para tosse por mais de três semanas

Combate à tuberculose alerta para tosse por mais de três semanas

Uma tosse por mais de três semanas é um sintoma importante para que a pessoa procure um médico. Este alerta marca a campanha deste ano de combate à tuberculose lançada hoje (24) pelo Ministério da Saúde. O objetivo é estimular a população a fazer um diagnóstico precoce da doença e evitar a transmissão para parentes e pessoas próximas.

A campanha também traz um material destinado aos profissionais de saúde que atuam no sistema penitenciário, e foi adotado em razão do número de casos entre os presos – a incidência chega a ser 25 vezes mais do que na população em geral, que é de 37,99 casos para cada 100 mil habitantes.

<p>A insalubridade e a superlotação de celas, de acordo com o ministério, agravam a situação da doença nos presídios. No Brasil, há quase meio milhão de pessoas encarceradas em 1.795 unidades prisionais.

O tratamento para a tuberculose, no Sistema Único de Saúde (SUS), dura seis meses. Quando feito sem interrupções, o paciente deixa de transmitir a doença logo nas primeiras semanas e fica completamente curado.

Em 2008, o percentual de cura foi de aproximadamente 73%. A meta do Programa Nacional de Controle da Tuberculose é chegar a 85%, conforme o recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Com ABr

Notícias relacionadas