Comitiva visita casas do Pão de Açúcar 4

Comitiva visita casas do Pão de Açúcar 4

O prefeito Aracely de Paula, acompanhado pela equipe de governo, vereadores e lideranças comunitárias, visitou o loteamento popular o Pão de Açúcar 4, a convite da construtora Castroviejo, responsável por esse empreendimento, nesta terça-feira (23). O objetivo foi conhecer in loco a estrutura das residências e da creche Pró-Infância Nível C.

O empreendimento possui 500 unidades habitacionais pelo programa “Minha Casa, Minha Vida”, do Governo Federal, que são entregues com infraestrutura básica como água, energia, esgoto e pavimentação, atendendo famílias que possuem renda de até R$ 1,6 mil.

“O programa inteiro gira em torno da Prefeitura (de Araxá). Precisa ter um comprometimento com a administração local para que ela possa dar o apoio a isso. Além da isenção de impostos durante a fase da construção, é obrigação da Prefeitura fazer o trabalho técnico-social, ou seja, selecionar as famílias que realmente necessitem de ter esse benefício”, diz o presidente da empresa, Régis Castroviejo.

O secretário de Ação e Promoção Social, Édson Justino Barbosa, diz que esse processo foi iniciado pela Administração Municipal. “Já foi feito o recadastramento de todas as famílias que deverão participar do sorteio. Esse trabalho está, podemos dizer, concluído. São 3,5 mil famílias recadastradas. Dentro do previsto, o sorteio deve ser realizado dentro de 60 dias, antes da entrega. Nós estamos com a previsão de, em setembro, fazer esse sorteio”, comenta.

O prefeito Aracely de Paula aproveitou para reiterar a preocupação da Prefeitura de Araxá em não deixar as famílias sem uma estrutura física adequada. “Não se pode admitir que o conjunto desse tamanho não tenha a sua escola, não tenha a sua creche, não tenha o seu local de entretenimento, não tenha sua unidade de saúde e não tenha realmente o seu esquema de segurança. Aquilo que for de responsabilidade do Município, uma vez detectadas e comprovadas essas responsabilidades, nós não vamos penalizar a população”, destaca.

Notícias relacionadas