Comunicado da Casa do Caminho

Comunicado da Casa do Caminho

Comunicamos que a Casa do Caminho manterá seu funcionamento normalmente. A mudança ocorrida foi a redução dos serviços ofertados para o SUS, ou seja, os atendimentos na Clínica Médica, Cirúrgica e UTI foram suspensos de forma definitiva, porém serão mantidos o Hospital de Longa Permanência; o Hospital Psiquiátrico e os atendimentos ambulatoriais de fisioterapia que são prestados para pacientes externos.

Ressaltamos que a CBMM em maio deste ano doou o valor de R$ 1.000.000,00 (Um Milhão de Reais) para pagamento de débitos atrasados; R$ 158.870,00 (Cento e Cinquenta e Oito Mil Oitocentos e Setenta Reais) para aquisição de um gerador de energia e agora em Dezembro/2015 recebemos a doação no valor de R$ 1.000.000,00 (Um Milhão de Reais) que foram utilizados para pagamento do 13º salário dos funcionários e verbas rescisórias referentes às demissões necessárias. Ou seja, as doações realizadas no decorrer do ano de 2015 pela CBMM totalizaram um valor de R$ 2.158.870,00 (Dois Milhões Cento e Cinquenta e Oito Mil Oitocentos e Setenta Reais).

É importante informar, também, que durante o ano de 2015 recebemos uma subvenção da Prefeitura Municipal de Araxá para despesas de custeio no valor de R$ 600.000,00 (Seiscentos Mil Reais), liberados em 04 (Quatro) parcelas de R$ 150.000,00 (Cento e Cinquenta Mil Reais).
Ressaltamos, ainda, que no último sábado foi divulgado pelo Secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais a liberação de uma verba para a Casa do Caminho no valor de R$ 594.000,00 (Quinhentos e Noventa e Quatro Mil Reais) para custeio. Porém, até o momento não recebemos nenhuma comunicação formal para celebração deste convênio.

E, por último gostaríamos de informar que a instituição tem lutado muito nestes últimos dois anos para que os serviços de Clínica Médica, Cirúrgica e UTI – Unidade de Terapia Intensiva fossem mantidos com a qualidade que os usuários do SUS merecem, mas infelizmente a situação se tornou insustentável.
Sabemos que entraremos o ano de 2016 com uma dívida expressiva, mas com o propósito de honrar com todos os compromissos financeiros (na medida do possível) para que possamos equilibrar as receitas e despesas da instituição e continuarmos conduzindo o trabalho nesta Casa com dignidade e extrema responsabilidade que são os norteadores das nossas ações!

A DIREÇÃO, Araxá, 28 de Dezembro de 2015.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário: