Concurso de Cafés Especiais em Araxá reunirá juízes de cinco continentes

Concurso de Cafés Especiais em Araxá reunirá juízes de cinco continentes

Os principais especialistas de cafés especiais do mundo estarão reunidos em Araxá, entre os dias 19 a 23 de janeiro, para Cup of Excellence Naturals 2014, o principal concurso de cafés especiais do Brasil.

O evento, promovido pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), com o apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), da Agência de Promoção de Exportações do Brasil (Apex-Brasil) e da “Alliance for Coffee Excellence” (ACE), reunirá as amostras de café com maior pontuação de acordo com os requisitos de qualidade definidos pela escala Specialty Coffee Association of America – SCAA ou Cup of Excellence.

A Cooperativa Agropecuária de Araxá (Capal) – com o apoio da Federação dos Cafeicultores do Cerrado – será a grande anfitriã do concurso – sendo as provas realizadas no Centro Universitário do Planalto de Araxá (Uniaraxá) e a cerimônia de premiação no Grande Hotel do Barreiro.

O júri internacional do Cup of Excellence é composto por profissionais da indústria de café e provadores de vários países e locais do mundo. Cada fase internacional da competição normalmente inclui de 24 a 32 jurados, que representam uma ampla gama de experiências profissionais. Membros do júri vêm dos Estados Unidos, Europa, Japão, Canadá, Austrália, Brasil, Guatemala, Nicarágua, dentre outros. O denominador comum é um enorme conhecimento sobre degustação de cafés e um grande amor e apreciação por cafés finos.

Os produtores premiados ficam extremamente contentes em serem reconhecidos pela sua dedicação à qualidade. O cafeicultor não só recebe um prêmio de prestígio em uma cerimônia nacional, mas também os preços recordes no leilão são pagos aos produtores.

Além disso, os campeões passam a ser reconhecidos pelo comércio internacional. Uma fazenda premiada (e freqüentemente a região inteira) poderá receber visitas futuras e consultas. Um café que ganha continuamente o Cup of Excellence terá seu status comparado a um bom vinho, ou seja, a um Grand Cru.

O presidente da Capal e vice-presidente da Federação dos Cafeicultores do Cerrado Mineiro, Alberto Adhemar do Valle Júnior, destaca que é uma grande honra para a cooperativa e a região do Cerrado receber um dos mais importantes concursos de cafés do Brasil.

“A nossa região é diferenciada. O Cerrado Mineiro já é reconhecido internacionalmente por produzir cafés especiais. Agora, queremos tornar Araxá e a nossa microrregião também reconhecida internacionalmente. A nossa meta é transformar nossa cidade e os municípios vizinhos como os melhores produtores de cafés especiais do Cerrado Mineiro”, destaca.

De acordo com o presidente, o Cup of Excellence Naturals 2014 servirá de incentivo para que os cafeicultores da região invistam na produção de cafés especais. “Nós queremos mostrar aos nossos associados e à nossa região, os grandes atrativos que podemos oferecer. Não é só uma bebida de qualidade que o mercado internacional procura. Não basta produzir um café de qualidade especial. O mercado procura por uma produção sustentável, que atende à demanda por uma nova atitude de produção, novas maneiras de pensar e agir, de produzir e de se fazer negócio. E nenhuma outra região possui história, estrutura, beleza e pontos turísticos atrativos para chamar atenção desse mercado”, destaca Júnior.

Parceiros

Além do Uniaraxá e Federação dos Cafeicultores do Cerrado, a Capal, como anfitriã do evento, conta ainda com o apoio do Sistema Ocemg – Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado de Minas Gerais, CCPR – Cooperativa Central dos Produtores Rurais de Minas Gerais,  Sicoob Crediara – Cooperativa de Crédito de Livre Admissão da Região de Araxá Ltda , Bayer, Sebrae Minas e Carmocoffees.

Notícias relacionadas