Conheça as verdades e as mentiras sobre a dengue

Conheça as verdades e as mentiras sobre a dengue

Informações corretas ajudam no combate à dengue. É mentira, por exemplo, que o mosquito transmissor não pode chegar a lugares altos. As pessoas que moram em apartamento não estão livres da picada do inseto. Este e outros mitos sobre o Aedes aegypti e sobre a doença precisam ser esclarecidos para garantir que a prevenção não seja prejudicada por idéias equivocadas.

De acordo com o gerente de Vigilância Ambiental da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Francisco Lemos, a dengue é uma doença que requer, além de um diagnóstico rápido e hidratação intensa para evitar que o paciente chegue ao óbito, informações corretas e objetivas.

“Os esforços para se ver livre da dengue não podem ser prejudicados por idéias pré-concebidas ou incorretas. Devemos estar atentos à prevenção. Precisamos mudar hábitos, crenças e comportamentos que estão propiciando a disseminação da doença”, esclarece.

Existem ainda pessoas que acreditam que tomar cuidados pessoais, como usar repelente ou inseticida é suficiente para evitar as picadas do mosquito. As duas opções podem ser utilizadas, no entanto o uso desses recursos são soluções momentâneas que não resolvem realmente o problema da dengue.

“Quando termina o efeito do repelente, por exemplo, estamos novamente expostos ao mosquito que continua nas redondezas e que não teve seus criadouros eliminados”, afirma o gerente.

“Portanto, o ideal é atuarmos como vigilantes em nossa casa, no trabalho, na creche e na escola de nossos filhos e em outros locais em que tivermos acesso, com o intuito de eliminarmos os criadouros onde o mosquito deposita seus ovos e se prolifera”, acrescenta Lemos.

Verdades e mentiras sobre a dengue

Ar condicionado e ventiladores matam o mosquito ?

Mentira! – Quando se usa o ar condicionado a temperatura e a umidade baixam, isso inibe o mosquito. Ele tem mais dificuldade para detectar onde estará a possível vítima de sua picada. Porém não morrerá. Estes aparelhos apenas espantam o mosquito que poderá voltar em outro momento quando eles estiverem desligados.

Para matar os ovos do mosquito, basta secar os reservatórios de água parada ?

Mentira! – Não é apenas o simples ato de secar os reservatórios de água parada que irá impedir o mosquito da dengue de se reproduzir. É preciso limpar o local também, pois o ovo ainda pode ser manter vivo por mais de um ano sem água.

Repelentes são fundamentais no combate à dengue ?

Mentira! – Repelentes, velas de citronela ou andiroba, ao contrário do que muita gente pensa, não têm muito efeito no combate à dengue, pois têm resultado indeterminado e temporário.

Apenas a fêmea do mosquito pica ?

Verdade! – Ela necessita do sangue em seu organismo para amadurecer seus ovos e assim dar seqüência no seu ciclo de vida. Ela pode colocar até 500 ovos durante o seu tempo de vida, que varia de 30 a 45 dias, tempo suficiente para picar até 300 pessoas.

Tomar vitamina B e comer alho afasta o mosquito ?

Mentira! – Apesar de ser verdade que o mosquito é atraído de acordo com a respiração e o gás carbônico exalado pela pessoa, a ingestão de vitamina B – alho ou cebola também (que têm cheiro eliminado pela pele) – não é uma medida eficaz de combate à dengue. Tomar vitamina B pode afastar mosquito, mas isso não dura muito e também irá variar de acordo com o metabolismo de cada pessoa, podendo até não ter efeito algum.

O mosquito da dengue pica apenas durante o dia ?

Verdade! – O mosquito pica apenas durante o dia, mas não faz zumbido.

As picadas só acontecem nas pernas ?

Mentira! – O mosquito pode picar o braço ou qualquer outra área exposta do corpo.

As pessoas podem pegar a doença mais de uma vez ?

Verdade! – Existem quatro sorotipos de vírus da dengue. Se uma mesma pessoa for picada por um mosquito que transmita o vírus de um tipo diferente do que ela já teve, ela poderá desenvolver a doença novamente, com risco até de uma forma mais grave.

Notícias relacionadas