Copasa inaugura dois empreendimentos em Araxá

Copasa inaugura dois empreendimentos em Araxá

Da Redação/Com Ascom – A Copasa inaugura dois empreendimentos na cidade, na tarde desta segunda-feira (25), com a presença do governador Antonio Anastasia. As obras vão permitir o retorno da Água Mineral Araxá ao mercado e o funcionamento da Estação Central de Tratamento de Esgoto (ETE Central), a maior e mais importante entre as quatro que fazem parte do investimento no sistema de coleta e tratamento de esgoto da cidade.  

Com um investimento de R$ 30 milhões, a ETE Central faz parte de um programa que assegurou mais de R$ 82 milhões em obras. Na cidade foram implantados mais de 37 quilômetros de redes coletoras, interceptoras e emissários de esgoto e construídas quatro estações de tratamento, que juntas tem capacidade para tratar todo o esgoto coletado em Araxá.

A ETE Central é a maior da cidade, com capacidade para tratar mais de 21 milhões de litros de esgoto por dia, recebendo cerca de 90% de todo esgoto coletado na cidade. O processo de tratamento inicia-se por uma fase preliminar, onde é feita a separação de materiais grosseiros: garrafas pet, metais e outros. Em seguida passa pela chamada “grade fina”, que retém a areia e outros materiais menores.

Na fase seguinte passa pelos reatores anaeróbios de fluxo ascendentes, onde ocorre a separação do lodo. Em seguida passa pelos filtros anaeróbios, chegando na etapa final do tratamento de esgoto, onde ocorre o processo de decantação que deixa o efluente em condições para ser lançada ao rio praticamente limpo.

Os investimentos realizados pela Copasa na cidade possibilitarão, em pouco tempo, a revitalização das águas dos córregos do Sal e Retiro, deixando Araxá em melhores condições para atrair novos investimentos, mais emprego e desenvolvimento.

Água Mineral Araxá

Com investimento da ordem de R$ 4 milhões, a unidade de engarrafamento da água mineral Araxá foi totalmente reformada, com a instalação de equipamentos sofisticados e modernos, permitindo o relançamento da água no mercado.

Atendendo todas as determinações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a unidade de engarrafamento da água mineral da cidade retoma o seu funcionamento normal, a partir de hoje (25).

A Araxá é uma água mineral de características únicas, naturalmente leve e sofisticada, sendo perfeita para o consumo no dia a dia. Um produto que possui, em seus sais minerais, propriedades químicas naturais que possibilitam uma hidratação muito eficiente, além da desintoxicação do organismo.

Com uma vazão média de 6 mil litros por hora, a fonte Dona Beja, sem gás, em Araxá, apresenta a melhor água naturalmente fluoretada do Brasil. De sabor agradável, é ligeiramente ácida ao brotar da Fonte, neutralizando-se uma hora após e em seguida tornando-se discretamente alcalina.

A Água Mineral Araxá é uma das unidades das Águas Minerais de Minas, subsidiáriada Copasa, criada pelo governo de Minas com o objetivo de promover o desenvolvimento de uma das principais riquezas turísticas do Estado.

A subsidiária vem realizando grandes investimentos nas estâncias hidrominerais com o objetivo de revitalizar as marcas das tradicionais águas minerais do Estado de forma sustentável. Estas águas são reconhecidas mundialmente e há mais de um século como algumas das melhores minerais do mundo, cada uma com sua característica e personalidade própria.

Além da Araxá, a subsidiária é responsável pela produção, distribuição e comercialização das águas minerais das fontes de Caxambu e Cambuquira, que já estão no mercado. E a água mineral Lambari também já está preste a ser relançada. Esta última é uma água energética por natureza, adequada para ser bebida antes, durante e depois da prática de esportes.

Notícias relacionadas