Copasa lança equipes para detectar e solucionar vazamentos

Copasa lança equipes para detectar e solucionar vazamentos

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) lançou na manhã desta quinta-feira (5) o programa CaçaGotas, mais uma iniciativa do Governo de Minas no combate ao desperdício de água. O objetivo é reduzir a quantidade e o tempo dos vazamentos. Para isso, 40 equipes de campo, cada uma com dois integrantes especializados, estarão espalhados, inicialmente na capital e na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com o diretor de Operação Metropolitana da Copasa, Rômulo Perilli, a empresa pretende reduzir o tempo de ação para interrupção de vazamento, uma das principais causas de desperdício de água. “Houve um reordenamento na orientação das ações de campo pelas equipes operacionais, direcionando o foco da ação para resolver o problema no menor tempo possível”.

As perdas de água no percurso entre a distribuição e o consumidor chegam a 40% do total da água tratada. O relevo de Minas aumenta a pressão e pode provocar vazamentos. Obras de terceiros que danificam as tubulações subterrâneas pode desencadear o problema.

A identificação de ligação clandestina, o “gato”, também será combatido pelas equipes do CaçaGotas. Em 2014, a Copasa identificou 1.044 ligações clandestinas, uma média de 20 irregularidades identificadas a cada semana.

Notícias relacionadas