Cultivo de café e oliveira é tema do Dia de Campo em Araxá

Cultivo de café e oliveira é tema do Dia de Campo em Araxá

Na próxima quinta-feira (18), acontecerá o Dia de Campo “Cultivo de café e oliveira na Microrregião do Planalto de Araxá”, no Campo Experimental da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig).

Durante o evento, pesquisadores da EPAMIG vão demonstrar resultados preliminares de pesquisas voltadas para as culturas do café e da azeitona realizadas na Unidade.

O coordenador do Programa Estadual de Cafeicultura da Epamig, César Elias Botelho, vai abordar o tema “Cultivares de café nas condições da Microrregião do Planalto de Araxá”. Segundo César, “ainda é cedo para afirmar quais as cultivares de café mais se adaptam ao clima e solo da região, porém já é possível identificar aquelas que apresentaram melhor adaptação num pequeno período de tempo da pesquisa”.

O pesquisador Luiz Fernando Oliveira vai tratar do tema “Tecnologias de Produção de Azeite e Azeitona em Minas Gerais e possibilidades de Cultivo de Oliveira na Microrregião do Planalto de Araxá”. A unidade estuda o comportamento de 10 cultivares de oliveira com o intuito de encontrar aquela que melhor de adapta e tem maior produtividade na nossa microrregião. Para que seja confirmada como apta para a cultura da azeitona, a região deve apresentar no mínimo 200 horas acumuladas durante o ano com temperatura abaixo de 12 graus, pois o frio é um indutor floral desta cultura. O município de Tapira é um dos que oferece melhores condições climáticas adequadas ao cultivo de oliveira.

O Campo Experimental de Araxá foi criado há cerca de quatro anos em parceria com a Associação dos Municípios da Microrregião do Planalto de Araxá (Ampla) e a Prefeitura Municipal. Outros municípios associados à Ampla, inseridos nas pesquisas são Campos Altos, Ibiá, Medeiros, Pedrinópolis, Perdizes, Córrego Danta, Pratinha e Tapira.

Notícias relacionadas