CVT de Araxá participa de seminário da Sectes, em Belo Horizonte

CVT de Araxá participa de seminário da Sectes, em Belo Horizonte

Da Redação – A convite da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), o Centro Vocacional Tecnológico de Araxá marcou presença no Seminário dos CVT’s 2011, realizado de 10 a 13 de abril, em Belo Horizonte, representado pela coordenadora Juliana Ribeiro Chaer.

O Seminário da Rede de Formação Profissional Orientada pelo Mercado reuniu os coordenadores dos 84 CVT’s e a equipe da Sectes. Durante o encontro foram traçadas as diretrizes da Rede de Formação para 2011 e ainda apresentada a nova estrutura e proposta da Superintendência de Inovação Social, de acordo com premissa da gestão do secretário Narcio Rodrigues de ampliar as ações de inovação social como instrumentos de formação da cidadania.

O secretário lembrou um feito inédito para Minas Gerais: o Estado contabilizou, no último ano, o número recorde de 145 mil usuários cadastrados no sistema de gestão de cursos profissionalizantes pela internet, tornando-se o primeiro colocado entre instituições nacionais.

O ranking é estabelecido pelo próprio sistema, chamado Moodle, que acompanha este tipo de aprendizagem a distância em 211 países. Com este feito, Minas Gerais também conquista o oitavo lugar em todo o mundo.

O secretário enfatizou que o projeto, agora, vivencia uma nova fase, de reestruturação e expansão. A proposta é ampliar e modernizar a rede, fazendo com que tenha uma dinâmica ainda maior dentro das comunidades, alcançando um número ainda maior de municípios.

 Primeiramente, os CVT’s vão trabalhar para reestruturar a rede existente, introduzindo novos conteúdos, conceitos e equipamentos, para em um segundo momento expandi-la.

O objetivo é chegar em 2014 com pelo menos 200 CVT’s em funcionamento no estado. De acordo com o presidente do Centro Vocacional Tecnológico Júlio Dário, Leandro Haddad, os números do CVT de Araxá estão entre os primeiros do Estado quando leva-se em consideração a população local, e que as metas para 2011 são bastante ousadas, buscando preparar os jovens para a empregabilidade.

Notícias relacionadas