Decola Minas registra resultados positivos para o turismo do Estado

Decola Minas registra resultados positivos para o turismo do Estado

Minas Gerais recebeu, em 2008, cinco novas rotas aéreas internacionais, ligando o Estado a destinos emissores internacionais como Portugal, Panamá, Estados Unidos (duas rotas) e França.

A captação desses vôos integra o programa Decola Minas, da Secretaria de Estado de Turismo (Setur), em parceria com outros órgãos do governo de Minas. A proposta é o incremento de  linhas aéreas, que interligam o  Estado aos principais centros emissores de turistas nacionais e internacionais.

Segundo monitoramento da Infraero, entre janeiro e outubro deste ano, 66.628 passageiros internacionais desembarcaram no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins. O volume é seis vezes superior ao registrado no mesmo período do ano passado, quando 11.149 turistas de outros países desembarcaram em Minas Gerais.

“O resultado é recorde no Estado e mostra a vitalidade operacional do aeroporto como principal portão de entrada de turistas estrangeiros em Minas Gerais. Temos intensificado a promoção dos atrativos de Minas Gerais na Europa, América do Norte e em países da América do Sul com os quais temos ligações aéreas.”, afirma a secretária de Estado de Turismo, Érica Drumond.

Ligação direta

O primeiro vôo iniciado este ano foi Lisboa / Minas Gerais, implementado em fevereiro pela Transportadora Aérea Portuguesa (TAP). De acordo a companhia aérea, a rota tem mantido uma ocupação geral de 70% de seus assentos, sendo que 40% da ocupação da aeronave são realizadas por turistas europeus, que vem a Minas em busca de negócios, lazer e visita a parentes e amigos.

A linha aérea é operada às segundas, quartas e quintas-feiras, além de sábados e domingos. Os vôos partem de Lisboa às 10 horas e chegam a Belo Horizonte às 17h30, horários locais. No sentido inverso, saem do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, às 19 horas, e pousam na capital portuguesa às 6h05, do dia seguinte. São utilizadas aeronaves do tipo Airbus A330, com capacidade para 259 passageiros.

Em agosto, foi implantada a rota Cidade do Panamá / Belo Horizonte, também sem escalas. São cinco vôos semanais, operados pela Copa Air Lines, em aeronave com capacidade de transporte de 124 passageiros – 12 na classe executiva e 112 na econômica.  A viagem dura cerca de seis horas e trinta minutos.

Ampliando a ligação entre Minas Gerais e a Europa e dando início à ligação aérea com os Estados Unidos, em setembro, foram implementadas pela TAM duas rotas: Paris / BH(com escala em Guarulhos, em São Paulo) e Miami – BH (conexão no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro). Porém, todo o processo de internacionalização e imigração dos passageiros e bagagens é feito em Confins.

A rota direta entre Minas Gerais e os Estados Unidos foi iniciada em novembro, como vôo Miami-BH, três vezes por semana, sem escalas, pela empresa American Airlines.

Com disponibilidade de 28 assentos na classe executiva e 195 na cabine principal, o vôo tem cerca de oito horas de duração. A empresa já anunciou, para o período de 22 de dezembro a 26 de janeiro de 2009, a operação quatro vezes por semana, com saídas de Belo Horizonte às segundas, quartas, sextas e domingos.

“Em 2009, por meio do Decola Minas, vamos continuar visitando as companhias visando fortalecer a malha aérea de nosso Estado. O nosso foco é a internacionalização de Minas Gerais e o incremento de nossas divisas econômicas por meio da atividade turística”, diz Érica.

Notícias relacionadas