Dentista é assassinado no Barreirinho

Dentista é assassinado no Barreirinho

Um dentista aposentado de 76 anos foi encontrado morto em sua casa, na rua Diomedes Gentil dos Santos, no Barreirinho, por volta das 23h de ontem (29). O corpo de Renato Pereira Goulart estava em um dos quartos da residência e foi localizado pelos filhos, que acionaram a Polícia Militar (PM). Vários objetos da casa foram roubados e a PM acredita em latrocínio, roubo seguido de morte.

Os filhos da vítima, um engenheiro e um dentista, estiveram na casa do pai e, como ninguém apareceu para atender, entraram na residência e encontraram o senhor nu, amordaçado e com os pés mãos amarrados.

Ele estava com as pernas sobre a cama e o tronco e a cabeça para fora, com várias marcas de agressão. Os filhos tentaram ajudar o pai, mas perceberam que ele já estava morto. Os militares isolaram o local e acionaram os peritos do Instituto Médico Legal (IML).

Foi constatado pela PM que o cofre da casa estava aberto e a porta de acesso ao jardim de inverno com um dos vidros quebrados.

Haviam várias manchas de sangue no chão por toda a residência. Os irmãos também deram falta de dois aparelhos de TV, um receptor de TV a cabo, um aparelho de DVD e algumas garrafas de bebida alcoólica.

Após o ocorrido, o veículo do dentista, um Corsa Sedan, também foi levado, mas abandonado e encontrado pela PM próximo à residência com o receptor de TV a cabo. Vizinhos do dentista informaram que a última pessoa a ser vista no local foi o jardineiro da casa, que ainda não foi encontrado pela PM para prestar depoimento.

A vítima teve uma hemorragia cerebral, causada por um traumatismo craniano, e não resistiu. A Polícia Civil investiga o provável latrocínio e a PM continua com o trabalho de rastreamento dos suspeitos pela cidade.

Notícias relacionadas