DER divulga balanço de veículos fiscalizados nas rodovias mineiras

DER divulga balanço de veículos fiscalizados nas rodovias mineiras

Mais de 250 mil veículos foram abordados por agentes de trânsito do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG) em 8.461 blitze, realizadas desde janeiro deste ano. As ações, em parceria com a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), têm por objetivo combater o transporte clandestino, aumentar a segurança dos usuários e coibir a prática de irregularidades.

Dos 252.037 veículos abordados, 31.941 foram retidos e 2.021 apreendidos. Por esses motivos, 11.718 passageiros fizeram o transbordo de 1.265 veículos. A fiscalização do DER atua em todas as rodovias estaduais e federais delegadas, sob jurisdição das 40 Coordenadorias Regionais, conscientizando transportadores e passageiros. No caso dos feriados e períodos de férias, as operações são intensificadas e se voltam para a prevenção.

O assessor da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), Lindberg Garcia,durante uma blitz a fiscalização aborda todo tipo de veículo, onde são verificadas as disposições do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e também os suspeitos de transportar passageiros em veículos como vans, ônibus, microônibus, carros particulares e táxis, sem estar devidamente habilitados.

Lindberg alerta, ainda, para os riscos que as pessoas correm ao utilizar transporte clandestino. “Os veículos não possuem seguro de vida, muitas vezes não realizam manutenção periódica e preventiva, transportam pessoas acima da capacidade além de transportar, como constatado em algumas blitze, bagagem de procedência duvidosa, por exemplo, drogas.”

Histórico

Somente em 2008 foram registradas abordagens de 435.582 veículos em aproximadamente 14 mil blitze. Destes, cerca de 50 mil foram notificados, sendo sete mil por transporte irregular de passageiros. No ano anterior, em 6.234 blitze, foram feitas abordagens em 245.112 veículos. O número de notificações cresceu de 35 mil para 50 mil multas lavradas.

De 2007 para 2008, o número de pessoas desembarcadas em função de transporte clandestino caiu de 24 mil para 16 mil. Essa queda permanece evidente em 2009, já que o número de passageiros que fizeram o transbordo até o mês de outubro não superou os 12 mil.

Notícias relacionadas