Super banner
Super banner

Detentos trabalham na reforma do Fausto Alvim

Detentos trabalham na reforma do Fausto Alvim

Um convênio entre o Presídio Regional de Araxá e a prefeitura disponibilizou 42 detentos para a reforma geral do Estádio Fausto Alvim. Os presos vão ajudar na reestruturação das arquibancadas, capina em torno do campo, poda das plantas e nas obras necessárias para que o local receba os jogos do Campeonato Mineiro Módulo II.

De acordo com o diretor do presídio, Marcelo Lima, o objetivo do convênio é fazer com que os presos prestem serviço à comunidade e se reintegrem definitivamente na sociedade. O trabalho iniciou há três semanas e se estende até março, sempre nos fins de semana.

Marcelo informa que a intenção do convênio é reformar prédios e escolas públicas e áreas de lazer de Araxá. “Essa parceria vai beneficiar toda a população e mostrar uma face diferente do preso, sua importante utilidade para a comunidade, além de reintegrá-lo totalmente.”

O diretor ressalta que o convênio é uma prestação de serviço do detento para a comunidade e não tem remissão na pena. O trabalho é realizado aos sábados, das 12h às 18h, e aos domingos, das 8h às 17h.

O supervisor do Araxá Esporte Clube, João Roberto Barreto (Badete), diz que o trabalho prestado pelos detentos será de muito proveito para o estádio.

“Primeiramente, está sendo feito um trabalho na área externa do estádio e, posteriormente, os detentos vão colaborar em serviços onde requer profissionais como pedreiros e eletricistas. Toda a mão-de-obra que for possível absorver com esses detentos será realizada através desse projeto desenvolvido entre do diretor do presídio e o prefeito Jeová”, destaca Badete.

Notícias relacionadas