Diretório Nacional anula aliança do PSOL com a coligação Araxá em Boas Mãos

Diretório Nacional anula aliança do PSOL com a coligação Araxá em Boas Mãos

Da Redação/Isabella Lima – O Diretório Nacional do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) protocolou no Cartório Eleitoral de Araxá a anulação da deliberação de coligação, e os atos dela decorrentes, da coligação majoritária Araxá em Boas Mãos junto com o PDT, PSDB, PTB, PSC, PSDC e PRTB, que tem o prefeito Jeová Moreira da Costa (PDT) candidato à reeleição e a vereadora Edna Castro (PSDB) como vice.

De acordo com o comunicado, a coligação Araxá em Boas Mãos é contrária à Política de Alianças para 2012 do PSOL, conforme resolução estabelecida no 3° Congresso Nacional da legenda.

“Por isso, refutamos desde já alianças com partidos de direita, tais como: PSDB, DEM, PMDB, PR, PTB, PSD, PRB e PP. Conforme aprovado em nosso III Congresso Nacional, nos casos de alianças eleitorais que avançarem para além dos partidos que compuseram a Frente de Esquerda (PCB e PSTU), envolvendo partidos que estejam de acordo com o nosso programa, e, portanto, em contradição com suas direções nacionais (tais como PV, PCdoB, PDT, PPS, PSB, PT e outros) deverão ser analisados caso a caso, avaliando os critérios já definidos por nosso Congresso.”

Resta claro que a coligação partidária de nível inferior, aprovada pelo PSOL através de convenção municipal com os partidos PDT, PTB, PSC, PSDC, PRTB e PSDB se opôs às diretrizes estabelecidas pelo órgão de direção nacional.

Por esta razão, reunida no dia 16.07.2012, a Direção Nacional do PSOL decide ANULAR a deliberação desta coligação e os atos delas decorrentes, ou seja, o PSOL de sair da coligação “ARAXÁ EM BOAS MÃOS” e lanças seus candidatos próprios.

O caso da coligação foge completamente do arco de alianças aprovado legitimamente pelo III Congresso Nacional e pelo Diretório Nacional.

Assim, não há que se falar em composição entre o PSOL e os partidos PDT, PTB, PSC, PSDC, PRTB e PSDB.

A direção da Comissão Provisória do PSOL em Araxá foi notificada pela Justiça Eleitoral a se manifestar sobre a anulação no prazo de 72 horas. Procurada pelo Diário de Araxá, ela informou que vai recorrer da decisão do Diretório Nacional. O partido lançou dois candidatos a vereador dentro da coligação proporcional, também composta pelos mesmos partidos da coligação majoritária.

Notícias relacionadas