Super banner
Super banner

Economia diversificada atrai mais investimentos privados no Estado

Economia diversificada atrai mais investimentos privados no Estado

foto: Renato Cobucci/Imprensa MG

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sede) realizou, nesta segunda-feira (16) a sua entrevista com os principais indicadores de gestão no ano de 2013. Na oportunidade, na sede do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), a secretária de Desenvolvimento Econômico, Dorothea Werneck, elencou os resultados das ações da Sede e do Sistema Operacional de Desenvolvimento Econômico, com o intuito de promover a diversificação econômica de Minas com ênfase na chamada Nova Economia.

“Estamos colhendo os frutos de um esforço que vem sendo consolidado ao longo dos últimos dez anos, desde que foi implantado o Choque de Gestão, de diversificar os investimentos tanto em termos de regiões, quanto em termos de segmentos da atividade econômica”, destacou a secretária, que enfatizou ainda que o “Estado precisa continuar trabalhando para consolidar e promover a diversificação da economia e geração de empregos de qualidade em todas as regiões de Minas”, destacou a secretária.

Dorothea Werneck também chamou a atenção para o número de projetos que foram inaugurados ao longo de 2013. Apesar da desaceleração do ritmo da atividade econômica no Brasil, o Estado encerrou o ano com um volume de investimentos superior ao do ano de 2012.

Em 2013, até o final do mês de novembro foram assinados com o Estado, através do Instituto de Desenvolvimento Integrado (INDI), 88 protocolos de intenções, que somaram investimentos de R$ 18,8 bilhões, com a geração de 23,8 mil empregos diretos e 43 mil indiretos. Em 2012, Minas Gerais contabilizou 165 protocolos de intenções, com investimentos de R$ 17,5 bilhões, com a geração de 27,4 mil empregos diretos e 40,6 mil indiretos.

Para a presidente do Instituto de Desenvolvimento Integrado (INDI), Monica Cordeiro, além de ter superado a meta de atração de investimentos este ano, o Estado começou a apresentar um número maior de projetos que apontam para a descentralização do desenvolvimento no Estado. “No contexto do trabalho em rede, que vem sendo desenvolvido pelo Estado, temos conseguido a avançar, promover o desenvolvimento em todas as regiões do Estado e gerar empregos qualificados”, afirmou.

Com o propósito de atrair empresas chinesas para Minas Gerais, o próprio INDI iniciou, entre os meses de setembro a dezembro, uma campanha de prospecção de investimentos na China com foco em setores estratégicos para a economia mineira como, equipamentos de transporte e automotivo, agronegócio, equipamentos para mineração e energias alternativas.

Outros destaques

Dorothea Werneck ressaltou, ainda, entre ações desenvolvidas, a conclusão das negociações para viabilizar a chegada do gás natural até Uberaba, que possibilitará a implantação da fábrica de amônia pela Petrobras. As quatro empresas envolvidas – Petrobras, Cemig, Gaspetro e Gasmig – decidiram pelo trajeto do gasoduto, que partirá de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) e percorrerá 457 km até chegar a Uberaba. O gasoduto terá capacidade inicial para transportar 3 milhões de metros/cúbicos/dia de gás natural, combustível suficiente para abastecer a fábrica de amônia, além de outros empreendimentos industriais na região. A previsão é de que a obra esteja concluída até maio de 2016.

Também importante para Minas Gerais, foi o resultado do leilão de concessão do Aeroporto Internacional Tancredo Neves (AITN). O Consórcio Aerobrasil – formado pelas empresas CCR e as operadoras Flughafen Zurich AG e a Munich Airport – venceu o leilão ao ofertar R$ 1,82 bilhão pela exploração, manutenção e ampliação do aeroporto, por 30 anos. O fortalecimento do equipamento aeroportuário deverá atrair novos investimentos, principalmente na chamada Nova Economia, promover a diversificação econômica, com a geração de empregos qualificados, e estimular o crescimento da RMBH e das demais regiões do Estado.

Coube à Sede, em meio às ações de 2013, a coordenação do programa pioneiro de estímulo a empreendimentos voltados para produção de energia limpa. Foi lançado o “Programa Mineiro de Energia Renovável – Energias de Minas” com o objetivo de consolidar Minas como centro de referência na produção de energia limpa no país. O programa cria incentivos para estimular a implantação de novos empreendimentos no setor e, com isso, aumentar a participação de energias renováveis na matriz energética mineira e integra a estratégia do Governo de Minas de atrair investimentos para a chamada Nova Economia. Além disso, foram publicadas as regras para o Mercado Livre de Gás.

Este ano, o Governo de Minas encaminhou à Assembleia Legislativa para análise e aprovação, projeto de lei que institui o Programa de Renovação de Frota de Caminhões no Estado. O programa é fruto de um esforço entre órgãos estaduais, empresas e instituições para retirar das ruas caminhões com 30 ou mais anos de uso, altamente poluidores, inseguros e quase sem condições de uso. Programa dará isenção fiscal para a aquisição de caminhões novos. Está prevista também a isenção do IPVA por dez anos assim como a isenção da taxa de licenciamento no primeiro ano. O destino final dos veículos será as siderúrgicas, que ficarão responsáveis pelo aproveitamento da sucata dos caminhões. Expectativa é renovar de 10% a 15% da frota acima de 30 anos, anualmente.

Sistema operacional

Entre os resultados das instituições que compõem o Sistema Operacional de Desenvolvimento Econômico, o  BDMG, presente em 734 municípios mineiros, registrou um crescimento de 30% em desembolso entre 2010 e 2013 e deverá ultrapassar os R$ 2 bilhões até o final de dezembro.

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) inaugurou a Usina Solar Fotovoltaica (USF) do Estádio Governador Magalhães Pinto (Mineirão). Trata-se do primeiro estádio sede de jogos da Copa do Mundo FIFA 2014 a possuir uma usina fotovoltaica. Outro projeto lançado foi o Atlas Solarimétrico para mapear o potencial energético e identificar os melhores sítios para estimular a atração e implantação de empreendimentos solares.  Foi lançado também o Programa Energia em Dobro em 149 municípios, que beneficiará 320 mil consumidores ou cerca de 1,2 milhão de pessoas que vivem nessas cidades.

Em 2013 a Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig) fez suas primeiras ligações de clientes residenciais em Belo Horizonte no bairro Santo Agostinho. Até o momento, a empresa soma 2,5 mil unidades domiciliares com contratos celebrados para fornecimento de gás natural e já iniciou a instalação da rede de gás natural no bairro de Lourdes. A expectativa é de expansão da rede urbana para os bairros Sion, Belvedere, Buritis, Vila da Serra e Vila do Sereno. Foi concluída também a recapacitação do gasoduto Tronco Norte que abastece a porção Norte da RMBH e de onde partem várias linhas laterais. A obra garante uma oferta adicional de um milhão de metros cúbicos por dia às indústrias da região.

Referência nacional no processo de abertura de empresas e responsável por agilizar o processo de abertura e legalização de empresas no Estado, a Junta Comercial do Estado de Minas Gerais (Jucemg) chegou em 2013 a 111 municípios, o que significa que este ano 20 novas localidades receberam unidades da Jucemg. A meta para 2014 é alcançar mais 10 cidades e facilitar o acesso aos serviços oferecidos, o que significará um crescimento de 450% em relação a 2010.

Sob a liderança da Companhia de Desenvolvimento Econômico (Codemig), Minas Gerais alcançou este ano 100% de cobertura aerogeofísica de alta resolução, tornando-se o primeiro estado do país a oferecer um diferencial na atração de investimentos privados com todo o seu subsolo pesquisado por instrumentos de alta tecnologia. Os estudos servem de base para que as empresas interessadas em investir no Estado possam identificar locais de maior potencial para a exploração mineral. Por outro lado, está prevista, para o final de 2014, a conclusão do mapeamento geológico na região da Bacia do São Francisco e de áreas remanescentes, o que levará o Estado a ter 89% de seu território mapeado.

Notícias relacionadas